CidadesCuriosidadesEducaçãoMenu PrincipalTop
Trending

#Chapada: Residentes reclamam de precariedade na saúde pública em Livramento de Nossa Senhora e recorrem ao MP

Denúncias sobre precariedade no setor da saúde municipal são constantes.

As reclamações dos residentes de Livramento de Nossa Senhora, no sopé da Chapada Diamantina, sobre a precariedade do setor de saúde pública do município estão sendo constantes. Agora, os pacientes chegam a recorrer ao Ministério Público da Bahia (MP-BA).

Ao decorrer da última semana, existiram várias denúncias nas redes sociais e nas emissoras de rádio da cidade. Um morador chegou a relatar um impasse de atendimento entre a UPA e PSF. “A gente fica naquele impasse, vai no posto, não é no posto, vai na UPA e não é na UPA”, disse em entrevista para uma rádio local.

Outro morador também denunciou a demora no atendimento. “Se você ficar doente na segunda, tem que aguardar até quinta-feira para ser atendido no PSF”, relatou. Há também reclamações do Centro de Atenção Psicossocial (Caps) fechar antes mesmo do horário de encerramento.

A condução da saúde pública municipal pela gestão de Ricardinho Ribeiro (Rede) e Joanina Sampaio (PL) vem sendo alvo de críticas e, agora, os pacientes chegam a recorrer ao MP-BA para conseguir exames e medicamentos básicos e de uso contínuo, como os de controle da pressão e da diabetes, que muitas das vezes estão em falta na farmácia básica. Jornal da Chapada com informações de Sudoeste Destaque.

Etiquetas

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios