Mundo: Família chinesa comete suicídio coletivo como forma de protesto

mundo

Família tinha perdido a casa sob injustiças há cinco anos e não conseguiu apoio para o caso | FOTO: Reprodução |

Uma família chinesa fez uma tentativa de suicídio coletivo em frente ao prédio de um jornal em Pequim. Cinco mulheres e dois homens beberam pesticida de uma garrafa de plástico como forma de protesto contra autoridades locais, que os expulsaram de suas terras e demoliram suas casas. O jornalista Bo Tuan, que trabalha no China Youth Daily, jornal escolhido pelos protestantes para realizar o ato, viu a situação e a descreveu como “aterrorizante”. “Eu os escutei gritando por justiça e não prestei muita atenção, mas aí eles pegaram garrafas plásticas e beberam o que tinha dentro, caindo no chão segurando suas gargantas e espumando pela boca, então todos eles ficaram deitados e quietos. Foi uma visão chocante”, descreveu.

A família foi socorrida e, segundo os médicos que os trataram, quatro deles estão fora de perigo, mas os outros três estão em uma condição crítica e podem não sobreviver.Os chineses foram deixados sem teto cinco anos atrás após sua casa ser demolida e nunca terem recebido nenhuma compensação em troca. Eles tentaram distribuir panfletos para conseguir apoio, mas não conseguiram nada. Assim, decidiram ir à capital e realizar o ato para conseguir atenção.De acordo com a polícia, o grupo disse que não estava preparado para seguir a vida sem reconhecimento pelo erro causado a eles e que, sem a morte, haveria apenas desonra.As autoridades de Pequim estão investigando o caso dos sete para entender o que realmente aconteceu. Extraído do iBahia.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.