Pular para a barra de ferramentas
CidadesCuriosidadesEditorialMenu PrincipalPolítica

#PapoReto: Alianças políticas, o pé na bunda e o republicanismo torrado

papo
| IMAGEM: Fábrica de Marketing |

Por Vitor Fernandes*

Ter palavra não é para qualquer um, não é mesmo! Está mais que provado que trair e coçar basta começar. O fato é que as alianças políticas feitas nas eleições deixaram uma lacuna para os especuladores de plantão, como eu e outros tantos. Analisando as corridas pelas presidências da Assembleia Legislativa da Bahia e da União dos Municípios da Bahia já dá pra ter uma noção do quão difícil será manter o republicanismo. O que avisam os marinheiros de primeira viagem é que essa relação republicana engendrada na política baiana está torrando, ou já esturricou de vez. O deputado estadual Marcelo Nilo (PDT) que o diga, terá de enfrentar a fúria daqueles que não querem que ele chegue ao penta na presidência da Casa Legislativa. Fala-se até em união de partidos como o PT e o PSD, do governador e do senador eleitos, Rui Costa e Otto Alencar.

Isso mesmo, uma possível alternância na presidência pode selar um acordo entre os deputados Rosemberg Pinto (PT) e Alan Sanches (PSD) para fechar um nome para competir com Nilo. Resta saber se vão chegar até o final com essa mesma vitalidade, até porque é de conhecimento de todos quem manda na Assembleia. Para falar de pé na bunda é melhor trocar de assunto rapidamente, pois não tem nada a ver Nilo ter apoiado o governador Rui Costa, mesmo depois de ser preterido para a vice na chapa vitoriosa, e tampouco vou citar que o PDT já busca viabilizar um nome para concorrer à prefeitura de Salvador, o nome já foi até ventilado, seria a ex-vereadora e atual secretária de Ciência e Tecnologia, Andrea Mendonça. #VaiQueÉtua

Leia também:
#PapoReto: Uma vela para Deus e outra para o Diabo, traição e o cego como protagonista
#PapoReto: Eleições na Chapada Diamantina e o que sobrou da opinião política
#PapoReto: Eleições, “mentiras sinceras” e Chapada Diamantina
#PapoReto: Mais tempo de propaganda eleitoral na TV e no rádio; ninguém aguenta mais

Arrependidos
É pé na bunda atrás de pé na bunda. Isso se referindo a alguns presidentes de partidos políticos, que deixaram a base do governo de Jaques Wagner para apoiar a oposição nas eleições, e estão completamente arrependidos. Perderam as “boquinhas”, os “redinhas” e só fazem reclamar dos deputados que não foram eleitos, principalmente daqueles que não foram reeleitos, “pelo simples fato de terem um mandato e não conseguirem canalizar os votos”. #Fiasco

Salvador em destaque
Os vereadores Sílvio Humberto (PSB) e Everaldo Augusto (PCdoB) disputam a Comissão de Educação da Câmara Municipal de Salvador (CMS), ao menos é o que se comenta nos corredores da Casa. Sílvio já acordou permanência à frente da comissão com o presidente da Câmara, porém há acordo na oposição de que seria Everaldo na segunda metade do mandato.

jua
Política em Juazeiro | FOTO: Reprodução |

Juazeiro da Bahia
As notícias que chegam de Juazeiro é que o candidato a sucessor de Isaac Carvalho (PCdoB) está perto de ter seu nome revelado. Faltam poucos detalhes. Fora isso, comenta-se também que Pedro Alcântara, que já foi gestor da cidade, pode perder o PR depois de vários anos à frente do partido. As informações são extraoficiais. Também há indícios de que outros presidentes de partidos que escolheram coligar com a oposição ou que abriram mão de fazer campanha podem ser substituídos. É assim, por exemplo, em municípios da Chapada Diamantina, como em Utinga, Nova Redenção, Iaçu, Itaetê e outros.

Circulando no “Zapzap”
Tomei um susto e achei até que fosse o próprio governador Jaques Wagner que tivesse me enviado, mas não, foi tirado das redes sociais dele e enviado como mensagem para meu celular. É que circula no whatsapp, vulgo zapzap, e que ganhou a graça de todos, agora até para enviar sugestões de matérias para sites e jornais, valeu a brincadeira! O texto assinado por Wagner alerta para o início do pagamento das gratificações da Polícia Militar. “Iniciaremos, neste mês de novembro, o cumprimento do acordo feito com as polícias estaduais para o pagamento das Gratificações de Atividade Policial. Na folha salarial deste mês será paga a GAP IV, acrescida de 50% da diferença entre as gratificações dos níveis IV e V. Esse compromisso foi assumido pelo governo com as polícias Militar e Civil, e em abril do próximo ano serão pagas integralmente as gratificações de nível V, contemplando os quase 38 mil policiais do nosso estado”. Foi a maneira que Wagner encontrou de dizer “o governo cumpriu o acordo e não há pretexto para o terror e para eleger deputado estadual”.

família
Cadastramento do programa social | FOTO: Divulgação |

Atualização do Bolsa Família
A Prefeitura de Ipirá, por meio da Secretaria de Assistência Social, informa a data para fazer o recadastramento aos beneficiários do Programa Bolsa Família que há mais de dois anos não atualizam seu cadastro. O prazo será até o dia 5 de dezembro de 2014, com horário de atendimento entre 7 às 13h.

Debate em Andaraí
As picuinhas envolvendo políticos e militantes não deixam de acontecer nas redes sociais. Antes a desculpa eram as eleições, agora é por causa delas também, só que a de 2016. O pleito municipal já ganha contornos. Em Andaraí, na Chapada Diamantina, vão dizer que não, mas teve político publicando informações importantes já para desgastar o atual governo. Nem preciso citar nomes, que lá parece que só tem duas forças parecidas: PSD e PSB. Ou estou enganado? As informações são sobre o plano de carreira dos professores municipais. Segundo o político do PSD, depois que os dados do TCM passaram a ser publicados, ele recebeu manifestações de todas as partes e de todos os tipos. “Teve dois e-mails de pessoas que se dizem professores, deixaram-me perplexo. Eles são contra o plano de carreira porque aumenta em muito as ‘despesas’ da prefeitura”, aponta Eraldo Duque Pinto, que deve concorrer à eleição ou apoiar um nome em 2016.

Dengue na Chapada Diamantina
O barulho no ouvido é ensurdecedor. Estou falando do mosquito Aedes aegypti, que transmite a dengue. Na Bahia não se fala de outro assunto, a derivada doença que causa a febre chikungunya tem causado alerta das secretarias de Saúde de municípios do interior. A região da Chapada Diamantina, por ter focos e mais focos da doença, deixou cidades em situação de vulnerabilidade em relação à doença. De acordo com informações do relatório do Ministério da Saúde, Itaetê, Seabra e Souto Soares são algumas localidades que apresentam índices elevados de casos da dengue. #VaiTerDengue

Ex-prefeito reclama
O ex-gestor do município de Utinga, na Chapada Diamantina, Joyuson Vieira (PSDB), criticou a reprovação de contas de 2013 da Câmara Municipal de Vereadores, do presidente Pelegrini Filho (DEM), pelo Tribunal de Contas dos Municípios. De acordo Vieira, desde que atua como político, não se lembra de um presidente da Casa ter contas reprovadas pelo órgão fiscalizador. “Estou atuando há mais de 20 anos na política utinguense e não tenho notícia de nenhum presidente de Câmara com contas reprovadas neste município. O Pelegrini, portanto, está fazendo história, o primeiro vereador ficha-suja de Utinga; inelegível, portanto. É bom que se diga também que o prefeito passou por um fio, basta ver a quantidade e os valores das multas aplicadas. Dificilmente escapará em 2014”.

Leão se afasta do Congresso
Depois de cinco mandatos consecutivos como deputado federal, com dois intervalos de licença para ocupar secretarias no estadual e na Prefeitura de Salvador, João Leão (PP) deixa o Congresso Nacional no final de dezembro para ser empossado como vice-governador da Bahia. Ao lado de Rui Costa, governador eleito, Leão toma posse no dia 1º de janeiro, mas antes ainda tem a diplomação, que deve acontecer também em dezembro.

gilberto
Gilberto Carvalho | FOTO: Agência Brasil |

Faltou diálogo
O chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República, o ministro Gilberto Carvalho, surpreendeu com as declarações de que faltou diálogo entre o governo Dilma e os movimentos sociais. O titular da pasta é responsável justamente por essa ponte entre o Palácio do Planalto e os movimentos, mas não poupou críticas, no caso, a si mesmo. Ele afirma que a presidente Dilma Rousseff se afastou dos movimentos. “O governo da presidenta Dilma deixou de fazer da maneira tão intensa, como era feito no tempo do [ex-presidente] Lula, esse diálogo de chamar os atores antes de tomar decisões. De ouvir com cuidado e ouvir muitos diferentes, para produzir sínteses que contemplassem os interesses diversos”, afirma Carvalho.

Jovem promessa
O jovem político e empresário Ricardo Mascarenhas é uma das promessas da política em Itaberaba para o pleito de 2016. Em comentários nas redes sociais, os amigos e lideranças que lhe ajudaram a dar expressiva votação na eleição deste ano pedem a presença do rapaz na conjuntura local. Ricardo apoiou o deputado federal reeleito, Valmir Assunção (PT), e o deputado estadual reeleito, Marcelo Nilo (PDT). O jovem contribuiu com a reeleição de Valmir Assunção dando 1.122 votos e 1.181 votos para a reeleição de Marcelo Nilo.

Seminário de Administração
Entre 20 e 22 de novembro acontece o curso de Administração da Faculdade Santa Cruz da Bahia, no município de Itaberaba, na Chapada Diamantina. De acordo com informações, o seminário acontece sempre a partir das 19h, com três dias de palestras e oficinas ministradas por especialistas, mestres e doutores. Auditor Fiscal, profissionais do Sebrae e Banco do Nordeste, além de empresários locais e professores da faculdade devem participar do encontro. As inscrições foram prorrogadas até o dia 15 de novembro, próximo sábado, e as vagas são limitadas. No seminário, o tema trabalhado será “Os Desafios da Administração na Contemporaneidade: Inovação, Tecnologia e Sustentabilidade”.

Campanha valiosa
A notícia de que sete de cada dez deputados federais eleitos receberam recursos de pelo menos uma das dez empresas que mais fizeram doações eleitorais em 2014 caiu como uma bomba no Congresso Nacional, principalmente entre os envolvidos no debate da reforma política. De acordo com informações da Justiça Eleitoral, esses doadores financiaram pelo menos 360 dos 513 deputados da nova Câmara Federal, cerca de 70% da bancada. Ainda segundo o levantamento publicado, os 360 deputados que as empresas financiaram estão distribuídos entre 23 partidos dos 32 existentes. Empresas como a Ambev, Itaú, Bradesco, Grupo JBS, além de empreiteiras, como a OAS, Andrade Gutierrez, Odebrecht, UTC Engenharia e Queiroz Galvão, estão entre as principais doadoras. Quem paga a conta depois? #CambadaDeRicos

poesia

Retrato de Cecília Meireles
Merece toda a honra a poetisa, pintora e jornalista Cecília Meireles, que no mesmo mês teve duas datas importantes, o 7 de novembro, data em que nasceu, e 9 de novembro, quando faleceu. E é com um texto dela que fecho mais uma série de curtas. Até a próxima. #Retrato

vitorino

*Vitor Fernandes é jornalista e assessor de imprensa
 [email protected]

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios