Salvador: Folia multicultural de Pernambués e Mudança do Garcia precisam de fomento, diz vereador

Postado em fev 17 2015 - 8:12pm por Jornal da Chapada
foto

O vereador Suíca apoia a iniciativa e pede mais investimento para os eventos | FOTO: Ascom |

O Carnaval multicultural do bairro de Pernambués segue como um dos pontos descentralizados da folia momesca de Salvador. Este ano, o evento levou o Terno Rosa Menina e o Sarau da Onça para as ruas do bairro e recebeu foliões de todos os setores da sociedade, como o vereador da capital Luiz Carlos Suíca (PT). O edil tem base política na região e caiu na folia no último domingo (15), unindo-se à animação da população local, pediu mais investimentos do Estado e da Prefeitura para o fomento da cultura de bairro. Já na segunda de carnaval (16), o petista levou grupos sociais para as ruas do Garcia para a tradicional Mudança. O bloco independente leva protestos com irreverência para a festa em Salvador como o combate ao racismo, à intolerância religiosa, à violência contra a mulher, e todas as formas de opressão da classe hegemônica, além de reunir membros de partidos de esquerda e grupos políticos e sindicais.

foto

Carnaval Multicultural de Pernambués envolveu artistas locais | FOTO: Ascom |

“Eventos como os que aconteceram em Pernambués e no Garcia resgatam as tradições carnavalescas com a festa sendo realizada nas ruas, sem camarotes, cordas e cadeiras cativas. São locais onde todos são iguais e participam com a mesma alegria, caso estivessem nos circuitos oficiais, até pelo fato dessas produções serem multiculturais, com shows, manifestações teatrais, poesias e irreverência, envolvendo toda a comunidade – famílias inteiras vão para as ruas curtir o período de festas. O que precisa é de mais intervenção do governo estadual e da prefeitura local”, aponta Suíca, que ainda defende o incentivo do governo Rui Costa à programação desses eventos descentralizados. “O povo é que organiza a festa por meio da associação de bairro com o apoio do governo, e precisa de incentivo para a festa crescer ainda mais e continuar sendo alternativa para aqueles que são contra a hegemonia da indústria da cultura na Bahia”, afirma o petista.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.