Pular para a barra de ferramentas
CidadesCuriosidadesEditorialMenu Principal

Empresário acusa Jaques Wagner de caixa dois para campanhas ao governo do Estado, diz Veja

wagner
O ministro da Defesa e ex-governador da Bahia, Jaques Wagner | FOTO: Reprodução |

O ministro da Defesa, Jaques Wagner, foi acusado pelo empresário Ricardo Pessoa, da UTC Engenharia, de ter recebido propina para o financiamento de sua campanha para o governo da Bahia em 2006 e 2010, segundo a revista Veja. Pessoa também teria garantido que a campanha de Rui Costa teria recebido doações utilizando recursos obtidos de contratos superfaturados.

Ainda de acordo com a revista semanal, na matéria “O que eles sabem é dinamite pura”, o executivo acusou tanto o ex-secretário de Planejamento Sérgio Gabrielli – e ex-presidente da Petrobras – quanto Wagner de terem conhecimento do esquema de corrupção. “Wagner era um dos padrinhos da indicação de Gabrielli ao comando da companhia.

Gabrielli, por sua vez, tentou se utilizar do posto para pavimentar a sua candidatura à sucessão de Wagner no estado. Não deu certo. Coube ao petista rui Costa, também com apoio financeiro da UTC, vencer a eleição para o governo em 2014”, diz a publicação paulista. As informações são da Veja com redação do Bahia Notícias.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios