Pular para a barra de ferramentas
CidadesCuriosidadesEducaçãoMenu Principal

Chapada: Boa Vista do Tupim garante participação no pacto pela educação do governo estadual

foto1
O prefeito Gidu do PT e a secretária Claudionice com o titular da pasta estadual de Educação, Oswaldo Barreto, durante cerimônia de adesão do pacto | FOTO: Divulgação |

Boa Vista do Tupim, na Chapada Diamantina, está na lista dos 309 municípios baianos que aderiram ao Pacto pela Educação, nesta segunda-feira (30), durante cerimônia em Salvador. A ação é do governo estadual que visa alcançar metas propostas pela atual gestão de Rui Costa (PT) para que crianças e jovens baianos tenham desempenho adequado a sua série, com sucesso na trajetória escolar, e que a alfabetização ocorra até os 8 anos de idade. O prefeito municipal João Passos Trabuco, Gidu do PT, esteve no evento com a secretária de Educação, Claudionice Silva, a diretora de Cultura, Isis Fraga, e o diretor de Esportes, Olavo Santos, onde assumiu o compromisso de seguir as diretrizes do pacto. “Um compromisso com o nosso futuro”, diz Gidu após assinar o termo com o Estado.

O secretário estadual de Educação, Oswaldo Barreto e o governador Rui Costa, levaram todos 309 gestores a aderirem ao pacto. Nos últimos oito anos, cerca de 1,1 milhão de baianos aprenderam a ler e escrever por meio do programa estadual Todos pela Alfabetização (Topa). Em 2015, o Governo do Estado lança um novo desafio: o Educar Para Transformar – Um Pacto pela Educação. “Educar para transformar é garantir a excelência no ensino e o acesso a instituições públicas de qualidade para crianças, jovens e adultos. Hoje selamos o ‎’Pacto pela Educação’‬ e para que ele funcione, precisamos envolver todos”, completa Gidu do PT.

gidu
O evento aconteceu em Salvador e contou com a presença de representantes dos 306 municípios baianos que aderiram ao programa | FOTO: Divulgação |

O projeto apresentado em Salvador possui cinco eixos básicos: colaboração entre Estado e municípios, fortalecimento da educação básica, educação profissional, parcerias com as escolas e a integração entre as famílias e as escolas. O eixo I está focado nos seguintes pontos: formação continuada de professores e coordenadores, produção e distribuição de livros didáticos e de livros de literatura infantil de autores baianos, assessoramento técnico e transferência de tecnologia, aula 100% e Currículo Bahia. A exemplo do que fez recentemente com a Prefeitura de Salvador, Rui Costa disponibilizou áreas do Estado às demais prefeituras para a construção de creches ou escolas municipais.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios