CidadesCuriosidadesEditorialMenu Principal

Prefeito de Salvador é convidado pelo PSDB para integrar o partido na Bahia

foto
Em convenção tucana, integrantes da sigla fazem convite para prefeito se filiar ao partido | FOTO: Reprodução |

A convenção estadual do PSDB, que elegeu ontem o deputado federal João Gualberto como presidente regional da sigla, foi marcada pelo estreitamento na relação do partido com o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM). O democrata tem procurado um partido com força para disputar as eleições do ano que vem e as de 2018, e seu destino partidário tem sido especulado desde o surgimento do processo de fusão do DEM com o PTB, que acabou não vingando. Após isso, Neto estaria flertando com o PMDB e o PSB, tendo também se interessado pela fusão do partido socialista com o PPS. No entanto, um novo ingrediente parece estar dando força à possibilidade de o democrata desembarcar no PSDB.

Durante seu discurso, o deputado federal Antonio Imbassahy brincou sobre o assunto diante da presença do prefeito, que acompanhava a eleição dos diretórios tucanos. “Eu lembrei a Neto que ele tem muitas opções, mas primeiro tem o PSDB. Não vou falar o que ele me disse”, brincou o tucano. “Se tiver que sair (do DEM), que venha para o PSDB”, reforçou o convite o novo presidente do PSDB, João Gualberto. Em seu discurso aos presentes, Neto entrou no clima e disse que se sentia em casa.

“Me sinto muito em casa aqui nessa convenção, porque vejo diversas lideranças da capital e do interior e comungamos da mesma esperança para Salvador, Bahia e o Brasil. João Gualberto tem o desafio de dar continuidade ao trabalho do PSDB no Estado e não tenho dúvida que com a força dos tucanos o partido crescerá na Bahia com eleição de vereadores e prefeitos”, destacou o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), que também criticou o PT, lembrando que os petistas hoje têm que esconder a estrela e mudar a cor da camisa para sair na rua.

“Não satisfeitos com a corrupção do mensalão, eles saquearam a maior empresa do Brasil e da América Latina para sustentar um projeto político que só enxerga o poder. Tenho orgulho de ter feito campanha para o senador Aécio Neves e prefiro estar ao lado dos que perderam porque é o lado de fazer política de forma coerente e firme”, completou Neto. Outro ponto que o prefeito ganhou na relação com o partido aliado foi o presidente do Legislativo de Salvador, o vereador Paulo Câmara, ser eleito para comandar o PSDB soteropolitano.

O nome de Câmara é um dos possíveis para integrar a chapa de vice de Neto no ano que vem. Eleito para o posto de deputado federal pela primeira vez, Gualberto, em seu discurso, planejou voos altos para o partido. “O PSDB é um partido coerente, sério e que, com certeza, em 2018 voltará a governar o Brasil. Somos uma oposição séria e responsável que faz com que o país não esteja pior do que está hoje, com tanto mensalão, petrolão e vários escândalos que a cada dia surge um novo no PT. Meu trabalho, a partir de hoje, será trabalhar para que o partido cresça de fato em toda Bahia para melhorar a vida do povo baiano”, disse João Gualberto.

O tucano substitui o ex-deputado estadual Sérgio Passos, que comandou a legenda na Bahia por dois mandatos consecutivos entre 2011 e 2015. Além de lideranças, militantes e os deputados estaduais tucanos Augusto Castro, Adolfo Viana e Marco Prisco, também participaram da convenção o ex-governador Paulo Souto (DEM); o presidente estadual do PMDB, Lúcio Vieira Lima; o ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB); o presidente estadual do PROS, Maurício Trindade; e o líder da oposição da Assembleia Legislativa da Bahia, Sandro Regis (DEM). Extraído na íntegra da Tribuna da Bahia.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios
Pular para a barra de ferramentas