CidadesCuriosidadesEditorialMenu Principal

Rui vai à europa para atrair mais investimentos nas áreas de energia solar e indústria farmacêutica

foto5
O governador Rui Costa viajará à Itália, Alemanha e Espanha entre os dias 4 e 17 de outubro | FOTO: Reprodução/Mateus Pereira |

Atrair novos empreendimentos nas áreas de energia solar e indústria farmacêutica para a Bahia é o principal objetivo da viagem que o governador Rui Costa fará à Itália, Alemanha e Espanha entre os dias 4 e 17 de outubro, onde se encontrará com empresários que conhecerão as oportunidades de investimento oferecidas pelo Estado bem como o apoio institucional que o governo baiano oferece, fundamental para o crescimento de empresas que já se instalaram na região. No foco principal da viagem, está a captação de empresas produtoras de medicamentos e equipamentos na área de saúde, desenvolvedoras de tecnologias ligadas a energias renováveis e inovações na educação, com a aproximação entre o ensino e o mercado. Durante a viagem, também será discutida a reativação de um convênio com a FAO, que pode trazer R$ 50 milhões para a agricultura familiar baiana.

O governador, ao longo da viagem, estará acompanhado de uma delegação formada por secretários e técnicos do Estado, além de representantes das federações das Indústrias da Bahia (Fieb) e do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado (Fecomercio). No dia 4, o governador embarca de Salvador por volta das 17h30 com destino a Lisboa, com previsão de retorno à capital baiana no dia 17 à tarde. Rui Costa disse que já foram feitos vários contatos prévios a fim de tornar a viagem ainda mais produtiva. “Nós queremos trazer empresários da Europa para investir no Brasil. A relação está muito favorável, o investimento no Brasil está muito mais barato hoje para empresas da Europa e dos Estados Unidos. É hora de reforçar estes contatos e apresentar nossos projetos. Eu estou otimista de que vou voltar com acordos assinados e anúncios consolidados de investimentos para gerar mais empregos na Bahia”.

Itália
A primeira etapa da viagem, segundo o superintendente de Desenvolvimento Econômico do Estado, Paulo Guimarães, será acompanhada de um grupo de 15 empresários dos setores industrial e comercial. “A ideia é apresentar a Bahia aos empresários da Lombardia, região mais desenvolvida economicamente da Itália, para tentar atrair investimentos nestes setores estratégicos”. Durante a Expo Milão, Rui participa, no dia 6 de outubro, à tarde, do ‘Dia da Bahia’, quando haverá um seminário de oportunidades de investimentos na Bahia e de reuniões com empresários dos setores da indústria, energia, saúde, agropecuária, mineração, tecnologia, turismo e cultura. Para o ‘Dia da Bahia’, a Secretaria do Turismo vai levar o músico Adelmário Coelho e dar ênfase ao São João e ao forró baianos. Também em Milão, Rui visita, no mesmo dia, pela manhã, a Universidade Politécnica de Milão para conhecer o modelo de integração Escola/Centro Tecnológico/Empresa.

Outra expectativa na Itália é a consolidação de parceria com duas empresas com as quais a Bahia já tem negócios. Uma delas é a Chemi, farmacêutica do grupo Italofarmaco, que já possui unidade em Camaçari. A Bahia busca acordo de cooperação e memorando de entendimento para a Bahiafarma produzir alguns medicamentos, em especial oncológicos, e para tratamento da anemia falciforme, com redução de custos. A outra empresa é a Bioimpianti, que há 20 anos projeta, produz e comercializa órteses e outros dispositivos cirúrgicos ortopédicos. A intenção é afinar o cronograma para o início da produção baiana, em consonância com as demandas do estado. Para isso, o governador Rui Costa se reúne, no dia 16, em Milão, com executivos das duas empresas.

Rui também faz uma visita ao Papa, no Vaticano, na manhã do dia 14, e à tarde visita a sede da FAO, onde será discutida a reafirmação de um memorando de entendimento de cooperação técnica em desenvolvimento agrícola, rural e segurança alimentar e inserção em mercados. O projeto, se confirmado, será totalmente financiado pela FAO, com investimentos de R$ 50 milhões para a agricultura familiar, beneficiando 10 municípios do semiárido.

Alemanha
Entre os dias 8 e 12 de outubro, o governador visita duas cidades alemãs, Stuttgart e Freiburg. Na primeira, Rui participa, no dia 9, do seminário sobre energia solar, uma das principais apostas baianas, e se reúne com representantes das empresas de energia fotovoltaica Manz e Kaco. No mesmo dia, visita a escola profissionalizante Hoppenlau, semelhante ao Senac, e se reúne com representantes da empresa de equipamentos médicos Erbe Elektromedizin GmbH.

Ainda na Alemanha, em Freiburg, conhecida como cidade verde, porque grande parte da energia consumida é a solar, o governador encerra, no dia 12, sua passagem por aquele país, com a visita ao Fraunhofer Institut (solar), dedicado à pesquisa de alta tecnologia na geração, distribuição e armazenamento de energia solar. A meta é trazer para o Cimatec um centro de excelência e certificação de equipamentos de energia solar.

Segundo Paulo Guimarães, o Instituo Fraunhofer já tem uma parceria com a Bahia na área de Tecnologia da Informação. “Agora queremos consolidar essa parceria para a energia solar. O Brasil tem toda uma legislação que estimula e em muitos casos exige a fabricação de energias renováveis”. Guimarães explica que esses equipamentos precisam ser certificados e o Brasil precisa constituir laboratórios de excelência para fazer este tipo de certificação. “O Instituto Fraunhoffer já tem este tipo de laboratório e a ideia é justamente fazer uma aproximação para que tenhamos na Bahia, especificamente no Cimatec, um laboratório de referência para certificação de equipamentos para energias renováveis.

Espanha
Já na Espanha, em Bilbao, o governador faz uma visita, no dia 13, à fábrica e ao presidente da Gamesa, empresa que já tem investimentos na Bahia na área de energia eólica para a discussão de novos projetos. A expectativa é que seja instalado na Bahia um laboratório para testes de equipamentos de alta tecnologia e da universidade corporativa Gamesa. Trata-se da primeira empresa do setor de eólica a investir na Bahia, em 2010, e já inaugurou este ano a segunda etapa de ampliação do seu empreendimento.

Bahia investe na captação de turistas durante a Expo Milão
Turistas e empresários do ramo poderão se encantar com a Bahia – e com isso serem incentivados a visitar o estado – durante uma das feiras de negócios e turismo mais importantes do mundo, a Expo Milão, na Itália. Realizada de cinco em cinco anos, o evento vai contar, este ano, com o ‘Dia da Bahia’, que será realizado no dia 6 de outubro pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Turismo e Bahiatursa. O objetivo é promover a Bahia como destino turístico na costa brasileira, seu povo, sua cultura, e sua economia.

Entre as principais atrações levadas pelo Estado, estão apresentações de Adelmário Coelho, dançarinos de forró, brindes juninos, além de baiana tipicamente trajada, na Exposição Universal (Expo Milão 2015). O espaço da Bahia, que integra o ambiente promocional do Instituto brasileiro do Turismo (Embratur) contará com decorações de fitas do Senhor do Bonfim de 2 metros, baiana típica no receptivo com distribuição das fitinhas típicas, brindes de São João (lenços, adereços de cabelo em forma de flor, tags, chocolates e cocadas).

“Vamos decorar toda a área verde do pavilhão destinado ao Brasil com motivos do São João, além de expor vídeos e distribuir material promocional do nosso estado”, disse o superintendente da Bahiatursa, Diogo Medrado.

Expo Milão
A Exposição Universal de 2015, também conhecida por Expo 2015, World Expo 2015 Milão, acontece a cada cinco anos, em diferentes cidades do mundo. “Reúne dezenas de países para compartilhar tecnologia, inovações da arte, educação, design, comércio, turismo e relações internacionais”, informa a diretora de Promoções da Bahiatursa, Rosana França. A iniciativa é a maior ação promocional do governo brasileiro na Itália, em 2015, país que é considerado um mercado de alta prioridade também para a Bahia. É o sexto maior emissor de turistas no mundo, o segundo na Europa, para o Brasil e o quarto para a Bahia.

O espaço brasileiro, com 4 mil m², tem chamado atenção dos visitantes com atividades culturais, gastronômicas, seminários e eventos de negócios. Situado perto de uma das entradas principais, apresenta o tema “Alimentando o mundo com soluções”. A Expo 2015 acontece desde 1º de maio e se estende até 30 de outubro. para a discussão de novos projetos. A expectativa é que seja instalado na Bahia um laboratório para testes de equipamentos de alta tecnologia e da universidade corporativa Gamesa. Trata-se da primeira empresa do setor de eólica a investir na Bahia, em 2010, e já inaugurou este ano a segunda etapa de ampliação do seu empreendimento.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios