Jornal da Chapada

Campanhas de universidades arrecadam doações para brigadistas que combatem o fogo na Chapada

Brigadistas e voluntários seguem atuando para debelar os focos de incêndios que destroem a Chapada Diamantina | FOTO: Divulgação/Manu Dias |

Diferentes campanhas para arrecadar equipamentos, água e alimentos para os brigadistas que atuam nos combates aos incêndios florestais na Chapada Diamantina são organizadas para amenizar o déficit desses recursos nas atividades contra o fogo. As chamas já consumiram mais de 30 mil hectares de mata e atingem áreas dentro e fora do Parque Nacional da Chapada Diamantina. A Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) e a Universidade Federal da Bahia (Ufba) mantêm ações para reforçar as campanhas. A Uefs, que tem campus avançado no município de Lençóis, recebe doações em Feira de Santana, enquanto a Ufba recebe em Salvador. As campanhas pretendem arrecadar água, preferencialmente em recipientes de 500ml, leite em caixa, alimentos não perecíveis, lanternas, ferramentas, botas, cordas, pilhas, camisas, calças e macacões de obras.

De acordo com informações enviadas ao Jornal da Chapada pela diretoria do Campus Avançado da Uefs em Lençóis, a intenção é que esse material arrecadado em Feira de Santana seja encaminhado semanalmente para o campus de Lençóis. Esta semana as doações podem ser feitas até a quinta-feira (19), às 17h. Em Feira de Santana, as doações devem ser entregues no Colegiado de Ciências Biológicas (módulo I – Sala MA 14) ou na Equipe de Educação Ambiental (EEA), na Sala Verde, no campus da universidade. Outras informações através dos telefones (75) 3161-8022 (Colegiado de Biologia) e (75) 3334-1513 (Campus de Lençóis).

Doações da Ufba já foram encaminhadas para a região da Chapada | FOTOS: Divulgação/Ufba |

Leia também
Governo baiano alinha estratégias para combate aos incêndios na Chapada Diamantina
Brigadistas cobram prevenção contra incêndios na Chapada Diamantina; fogo segue destruindo a região
Frente fria pode fazer chover na Chapada Diamantina nos próximos dias
Está parecendo uma ‘Torre de Babel’, diz presidente da Cifa sobre combates aos incêndios na Chapada

Na campanha da Ufba, já foram enviadas as primeiras doações da capital baiana. Na segunda-feira (16), os estudantes fizeram a primeira remessa para a região do que foi arrecadado, e seguem com postos de coletas em diferentes locais durante toda a semana. Existem pontos de coletas espalhados em Salvador, como na Escola Politécnica (Ufba), de 9h30 às 12h e das 15h às 17h, na Sala da SPE, 3º andar, o contato é com Beatriz Medeiros. Tem também na Biblioteca Central, das 14h às 18h, e o contato é Rebeca Vicente. Além de ponto de coleta no Instituto de Ciências da Saúde, durante todo o dia, na Sala do DAFONO, 5º andar, o contato lá é com Marília N. Leite.

Confira vídeo de campanha:

SOS Chapada Diamantina
Os focos de incêndios que afetam a região dentro e fora do Parque Nacional da Chapada Diamantina têm colocado em risco um dos patrimônios ambientais e turísticos mais ricos do país. Desde a última semana, o fogo está se propagando na região e mais de 20 localidades foram atingidas. As chamas já atingiram os municípios de Ibicoara, Lençóis, Palmeiras (Vale do Capão), Iraquara e Seabra. A Brigada de Resgate Ambiental de Lençóis (BRAL) também disponibilizou uma conta corrente para doações por meio do Banco do Brasil, agência 0251-8, C.C. 12.619-5, CNPJ 07.087.037/0001-48.

Jornal da Chapada

Confira fotos da entrega de doações da Uefs Lençóis nesta terça:

Leia também:
ICMBio combate cinco focos de incêndios simultâneos no Parque Nacional da Chapada Diamantina
Fotos e vídeos: Visita de campo revela estragos dos incêndios na Chapada Diamantina; confira aqui
Chapada: Chamas voltam a atingir Ibicoara e combate é intensificado na região do Lacrau
Fogo deixa rastro de destruição na Chapada Diamantina; focos voltam em Ibicoara e Vale do Capão
Suspeito de atear fogo no Parque Nacional da Chapada Diamantina é detido pela polícia