CidadesCuriosidadesMenu PrincipalPolícia

Secretário diz que incêndio na Chapada atinge 15 mil hectares: ‘Talvez não se possa superar’

foto5
Eugênio Spengler afirma que o fogo coloca em risco fauna, flora e rios | FOTO: Montagem do JC |

“As perdas são muito grandes. Talvez não se possa superar”. Assim o secretário de Meio Ambiente da Bahia (Sema), Eugênio Spengler, define os danos que os incêndios espalhados pelo Parque Nacional da Chapada Diamantina provocam em todo o estado. Identificado pelas equipes de combate no dia 12 de novembro, o fogo já consumiu mais de 15 dos 152 mil hectares de vegetação entre os municípios de Andaraí, Ibicoara, Itaetê, Lençóis, Mucugê e Palmeiras, cerca de 10% do total.

A destruição de orquídeas, a morte de animais e impacto sobre as nascentes são apontados como principais impactos. Localizada no Centro da Bahia, a Chapada Diamantina é apontada pela Superintendência de Fomento ao Turismo (Bahiatursa) como coração do estado. Embora vital, Spengler detalha que a região está ferida. O Rio Paraguaçu, por exemplo, responsável por parte do abastecimento das regiões metropolitanas de Salvador e Feira de Santana, sofre com os impactos do fogo.

Leia também
Aeronaves da FAB reforçam combate a incêndio na Chapada Diamantina
Vale do Capão: Fogo cresce próximo ao Morro Branco e brigadistas lutam para conter chamas
Rui se reúne com representantes de brigadistas e diz que momento é de crise; confira vídeo
Focos de incêndios seguem destruindo o Parque Nacional da Chapada Diamantina
Campanhas de universidades arrecadam doações para brigadistas que combatem o fogo na Chapada

“A Chapada é uma caixa d´água, podemos chamar assim. Aqui nascem muito rios. Um deles é o Rio Paraguaçu, que abastece grande parte da região metropolitana de Salvador e da região metropolitana de Feira de Santana. Cerca de três milhões e 500 mil pessoas são abastecidas por ele [nessas localidades]”, explica. Por conta dos incêndios, houve destruição de vegetação que fica na nascente do rio. “Vai demorar alguns anos para ser recuperada. Daqui a pouco vai chover, e isso [a falta de vegetação na nascente] compromete com erosão e assoreamento. A quantidade e a qualidade da água pode ser afetada”, estima.

Confira fotos dos incêndios:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Além do rio, o secretário de Meio Ambiente, Eugênio Spengler, afirma que os incêndios destroem exemplares da flora. Há grande preocupação com as orquídeas. Conforme a BahiaTursa, há 50 espécies da planta em toda a região. “Ainda não tem números, mas ainda temos mortes de cobras, de aves ainda com ninho, felinos, insetos. São muitas perdas”, resume. No momento mais crítico do incêndio, que foi registrado na sexta-feira (13), Spengler revela que o fogo atingiu uma extensão de 15 quilômetros. A Secretaria de Meio Ambiente ainda tem registro de combate ao fogo nas cidades de Palmeiras, Lençóis, Mucugê e Seabra (cidade não integra o Parque, mas fica no entorno).

Segundo o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), entidade que gerencia o parque, os focos estão localizados no Morro do Pai Inácio (na divisa entre Lençóis e Palmeiras), Morro Branco (Vale do Capão, em Palmeiras), Guiné e Três Barras (Mucugê). De acordo com o secretário Eugênio Spengler, há indícios de que o incêndio tenha origem criminal. “Esse incêndio começou numa localidade chamada Mucugezinho, às margens da BR-242. Pelas características, foi intencional. O combustível usado [por quem provocou] pouco importa. O período é seco e a umidade é baixa. Um fósforo aceso acende as labaredas”, define. As informações são do Portal G1.

Leia também:
Frente fria pode fazer chover na Chapada Diamantina nos próximos dias
Está parecendo uma ‘Torre de Babel’, diz presidente da Cifa sobre combates aos incêndios na Chapada
ICMBio combate cinco focos de incêndios simultâneos no Parque Nacional da Chapada Diamantina
Fotos e vídeos: Visita de campo revela estragos dos incêndios na Chapada Diamantina; confira aqui
Brigadistas cobram prevenção contra incêndios na Chapada Diamantina; fogo segue destruindo a região

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

13 Comentários

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios
Pular para a barra de ferramentas