Chapada: Chuva apaga focos de incêndio no Vale do Capão; brigadistas monitoram as áreas afetadas

Postado em nov 27 2015 - 1:39pm por Jornal da Chapada
foto 1

A forte chuva desta madrugada foi fundamental para que os fogos de incêndio no Vale do Capão fossem controlados | FOTO: Reprodução/AVC-VC |

Enfim uma notícia boa para a população da Chapada Diamantina. Com a chuva que caiu durante toda a noite e madrugada de quinta (26) para sexta-feira (27), a Associação dos Condutores de Visitantes do Vale do Capão (ACV-VC) informou ao Jornal da Chapada que “não tem mais focos no momento”. A situação agora é de monitoramento da região para evitar que novas chamas surjam. Na última quinta (26), a ACV-VC divulgou nota com dados do dia, onde os brigadistas voluntários atuaram no rescaldo e combate na serra do Sobradinho – local do novo foco criado por um raio.

A associação alerta ainda que este momento é de cuidado, para que o fogo não volte e também de cobrança aos responsáveis. “Não é por que o fogo acabou que temos que esquecer o que aconteceu nesses 32 dias aqui na Chapada. Temos que cobrar respeito com o meio ambiente”.

foto 2

Antes da chuva da quinta à noite, raios caíram na região do Vale do Capão | FOTO: Reprodução/ Estúdio Caetê |

Na quinta, o Instituto Chico Mendes de Conversação da Biodiversidade (ICMBio), que administra o Parque Nacional da Chapada Diamantina (PNCD) considerou os incêndios controlados. Sobre o incêndio próximo ao Barro Branco, região de Lençóis, a informação atual é que foi debelado pela Brigada de Resgate Ambiental de Lençóis (BRAL), na última quarta-feira (25), e encontra-se em fase de monitoramento para ser considerado extinto.

Leia também:
MPF pede que a Polícia Federal apure se incêndios na Chapada Diamantina são criminosos
Altas temperaturas e raios tornam o combate aos incêndios na Chapada mais complexos, diz ICMBio
Mesmo com incêndios, visitação ao Parque Nacional da Chapada Diamantina não está interrompida
Fogo na Chapada: Chuva volta a cair na região e trabalho de rescaldo deve ser intenso no Vale do Capão
Fotos: Fogo na Chapada Diamantina deixa rastro de destruição; brigadistas seguem combatendo

Em relação à região de Mucugê, o ICMBio diz que houve uma reignição do incêndio no dia 25, no entanto, o fogo encontra-se ilhado entre a área queimada anteriormente e o rio Piabas. Segundo dados atuais, as chamas também foram apagadas com as chuvas. Nesta sexta-feira (27), o Ministério Público Federal (MPF) em Irecê emitiu nota informando que pediu a instauração de Inquérito Policial para apurar se os incêndios ocorridos no PNCD foram resultado da atuação humana, o que pode representar crime ambiental. Os ofícios foram expedidos à Polícia Federal na última quinta-feira (26).

Fogo em Igatu
Em contato com o Jornal da Chapada, na quinta (26), o presidente dos Combatentes de Incêndios Florestais de Andaraí (Cifa), Homero Vieira, relatou a presença de um grande foco na região da Igatu e voltou a criticar a falta de organização e planejamento para o combate aos incêndios na Chapada Diamantina. “Não tem como ficar no fogo por mais de 20 dias, temos fogo aqui queimando na Chapada há 17 dias, 20 dias, quase um mês, então isso é incompetência ou falta de responsabilidade com o meio ambiente”, dispara.

foto 3

A ACV-VC informou nesta sexta que não há mais focos no momento | FOTO: Reprodução/AVC-VC |

Homero informa que o foco surgiu na quinta em Igatu, localidade do município de Andaraí. “Mandamos a equipe da Cifa no final da tarde para lá, para fazer o primeiro combate. Em Igatu estamos sozinhos. Ontem [quarta-feira, 25] deu uma chuva grossa, mas foi bem rápida, não fez muito efeito, aqui está muito quente. O que precisaríamos é de um apoio de uma aeronave, precisamos também de luvas”, comenta o brigadista, que atua na região há mais de 30 anos.

Jornal da Chapada

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

7 Comentários Sinta-se livre para participar desta conversa.

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.