CidadesCuriosidadesEditorialMenu Principal

Brasil: Frente Popular chama protesto contra pedido de prisão de Lula; Bahia terá atos

foto67
A convocação para as manifestações desta sexta aconteceu na noite de quinta e deve mobilizar todos os trabalhadores do campo e da cidade | FOTO: Divulgação/Brasil 247 |

A Frente Brasil Popular, que reúne mais de 60 movimentos sociais, convocou militantes para um protesto imediato em São Paulo contra o pedido de prisão preventiva do ex-presidente Lula, feito nesta quinta-feira (10) pelo Ministério Público de São Paulo. A mensagem, enviada pelo Whatsapp, diz que a convocação tem caráter de “urgência”. O grupo pede que “toda a militância” se reúna em frente à sede do Sindicato dos Professores do Ensino Oficial de SP (Apeoesp), na Praça da República, no centro de São Paulo.

“Queremos todos aqui. Vamos protestar e pensar agora o que iremos fazer”, diz Raimundo Bonfim, coordenador da Central de Movimentos Populares (CMP). Além de movimentos sociais, integram a Frente Brasil Popular centrais de trabalhadores como a CUT e partidos políticos, como o PT e o PCdoB. Segundo militantes, a ideia é fazer uma espécie de “vigília” até que as lideranças deem novas orientações.

Na Bahia, há vários protestos acontecendo em diferentes regiões, como na Chapada Diamantina, sul, oeste, norte e extremo sul do estado, onde militantes de movimentos sociais de luta pela terra ocupam fazendas e usinas. A convocação para as manifestações desta sexta-feira (11) aconteceu na noite de quinta e deve mobilizar todos os trabalhadores do campo e da cidade em defesa da democracia, do ex-presidente Lula e contra ao que chamaram de “política golpista que quer acabar com os direitos da classe trabalhadora”. Em Salvador, a concentração será ao lado da Grande Bahia, na Avenida Paralela, às 7h. Jornal da Chapada com informações do site Brasil 247.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios