Pular para a barra de ferramentas
CidadesCuriosidadesMenu PrincipalPolícia

Chapada: Polícia investiga incêndio criminoso que destruiu imóvel público em Boa Vista do Tupim

foto67
O prédio ficou destruído após o incêndio, que só não atingiu outros imóveis pela ação rápida da população e do corpo de bombeiro | FOTO: Jornal da Chapada |

A Polícia Civil deve instaurar inquérito para apurar o incêndio que destruiu, na última terça-feira (29), o prédio antigo da Secretaria Municipal de Educação de Boa Vista do Tupim, na Chapada Diamantina. Essa investigação será conduzida pelo delegado Geraldo Adolfo, atual coordenador da regional de Itaberaba (12ª Coorpin). O incêndio, considerado criminoso, destruiu o patrimônio público que é também um imóvel histórico – foi o primeiro prédio com dois pavimentos construído no município. Esse caso é considerado criminoso porque não havia energia elétrica no imóvel e nem algo que justificasse uma combustão. O edifício estava desativado há dois anos e só servia como arquivo e almoxarifado da pasta de Educação e de outras secretarias da prefeitura.

“Mais um patrimônio público do nosso município é atingido por um incêndio em menos de duas semanas. Já tomamos as providências para que os fatos sejam apurados, as causas esclarecidas e os responsáveis identificados e punidos. Acionamos o governo do Estado, e nos reunimos com o coronel da Polícia Militar que, junto com o delegado, assumiu o compromisso de montar uma estratégia de mais segurança em todo município”, declara o prefeito João Passo Trabuco, popularmente conhecido por Gidu do PT.

foto67
População ajuda a controlar o fogo que consumia o prédio público e ameaçava atingir residências | FOTO: Jornal da Chapada |

Leia também:
Chapada: Incêndio criminoso destrói prédio antigo da Secretaria de Educação em Boa Vista do Tupim
Chapada: Homem acusado de incendiar hospital de Boa Vista do Tupim já foi preso; entenda o caso
Chapada: Incêndio atinge hospital de Boa Vista do Tupim e pacientes são retirados às pressas

O gestor salienta que além das medidas legais é preciso convocar a população para que não deixe o clima de terror desestabilizar a ordem pública. “Convoco todos aqueles que amam a cidade a nos unirmos para defender o que de mais precioso temos: a nossa comunidade. Por isso, é fundamental que não deixemos o clima de terror e pânico contaminar o cotidiano. Que tenhamos todos a responsabilidade de colocar a disputa política no seu devido lugar, sem deixar que a corrida pelo poder seja mais importante do que o bem-estar de todos que moram e cuidam de Boa Vista do Tupim”, completa o prefeito.

Confira mais imagens:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Sobre o incêndio
Conforme apuração do Jornal da Chapada, o incêndio foi notado às 11h da terça-feira (29) e não se transformou em tragédia porque populares agiram rápido, contendo o fogo até a chegada do Corpo de Bombeiros da vizinha cidade de Itaberaba.

“Eu estava em minha casa assistindo televisão, quando faço isso acabo dormindo, então fui para o quintal torcer roupas, foi a minha salvação, pois quando eu vi já foi meu filho entrando de porta a dentro gritando ‘corre mãe a casa tá pegando fogo’”, relata Leny Barreto, moradora de uma casa ao lado do prédio que foi incendiado.

Conforme Barreto, quando ela chegou na rua só conseguiu observar a fumaça. “Se o povo não fosse rápido teria acontecido uma tragédia, pois o fogo teria destruído todo o quarteirão, já que as casas aqui dividem paredes”, completa a proprietária da residência.

foto6
A casa de Leny Barreto foi afetada pelas chamas, que assustaram os moradores da região | FOTO: Jornal da Chapada |

Ação dos bombeiros
Segundo o cabo Itagilson Oliveira, comandante da Brigada de quatro bombeiros que atuou no incêndio do prédio da Secretaria Municipal de Educação, o Corpo de Bombeiros foi acionado pelo telefone e chegou ao município em 45 minutos.

“Quando chegamos o incêndio estava sendo controlado pelas pessoas aqui da cidade com o carro tanque do PAC 2. Ao assumirmos, fizemos o rescaldo para impedir que o fogo se alastrasse para as casas vizinhas. Por isso é importante que todo município tenha sua brigada contra incêndio, porque as vezes o deslocamento dos bombeiros pode ser demorado”, informa Oliveira ao Jornal da Chapada. Ele concluiu dizendo que “as causas do incêndio quem vai dizer é a Polícia Técnica”.

Jornal da Chapada

Confira vídeo do incêndio:

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios