Chapada: Projeto do Ifba de Jacobina que estimula experiências científicas é apresentado em Minas Gerais

Postado em set 1 2016 - 1:26pm por Jornal da Chapada
fto6

A equipe é formada pelo professor Beliato Campos e pelos estudantes Sara Cajueiro, Ingrid Bruno e Enos Aniceto | FOTO: Divulgação/Ifba Jacobina |

Integrantes do projeto de extensão Atividades experimentais de conceitos físicos nas séries iniciais, desenvolvido no Instituto Federal da Bahia (Ifba), campus de Jacobina, na Chapada Norte, participaram entre os dias 24 e 26 de agosto da III Semana da Licenciatura em Física (Selfis), que aconteceu no Instituto Federal do Norte de Minas Gerais (IFNMG), campus de Salinas. A equipe foi formada pelo professor do Ifba, Beliato Campos, que coordenou o projeto, e pelos estudantes Sara Cajueiro, Ingrid Bruno e Enos Aniceto. Eles foram a única equipe do Ifba a apresentar trabalho na III Selfis.

O evento, organizado pela IFNMG, contou com a presença de pesquisadores e estudantes de licenciatura em física e áreas afins, além de professores das escolas de educação básica, públicas e privadas, de física e ciências naturais. O trabalho apresentado teve como base o projeto de extensão, que promoveu em outubro de 2015 uma oficina entre os professores da escola municipal Agnaldo Marcelino Gomes, em Jacobina. Na ocasião, eles sugeriram experiências práticas para serem aplicadas nas aulas de ciências, entre estudantes das séries iniciais do ensino fundamental.

Conforme o docente, as experiências têm custo médio de R$ 10 e em um ano letivo o professor do ensino fundamental pode realizar até 15 experimentos práticos. “Essas experiências ajudam os alunos a ter contato desde cedo com a ciência de uma forma mais prazerosa. Isso vai ajudar a construir uma boa base, que refletirá no desempenho deles no ensino médio e no superior”, afirma Beliato. O docente explica que a química e a física, por exemplo, são ciências pouco procuradas pelos estudantes por não terem tido contato de forma prazerosa com esses conhecimentos durante as séries iniciais.

“Os cursos de pedagogia acabam dando mais ênfase na parte pedagógica e pouco falam sobre os conhecimentos de física, química e biologia. Isso acaba se refletindo no ensino fundamental. Por isso, pensamos em levar essas experiências práticas para esses professores aplicarem com seus alunos”, esclarece o idealizador do projeto. Beliato informa que planeja organizar a oficina em outras escolas públicas do município. O projeto também contou com a participação do professor do IFBA Leanderson Oliveira e da mestranda da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), Laura Sued. Mais informações: www.jacobina.ifba.edu.br.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.