Bahia: PM leva crianças ao Museu Geológico em Salvador

Postado em set 5 2016 - 1:00pm por Jornal da Chapada
pm

Com o passeio educativo, 35 crianças e adolescentes conheceram um pouco mais sobre os recursos minerais | FOTO: Reprodução |

Alunos do projeto “Xadrez para vencer”, da Base Comunitária de Segurança Pública (BCS) de Itinga da Polícia Militar da Bahia (PM) foram levados ao Museu Geológico da Bahia, no Corredor da Vitória. A finalidade da visita é desenvolver em crianças e adolescentes o senso de sustentabilidade em relação aos recursos minerais no mundo, que são finitos, e carecem de cuidados. Durante a visita, 35 crianças e adolescentes assistiram ao documentário educativo “Rochas e Minerais”, que explica como os recursos podem ser explorados e utilizados pelo homem. Para o aluno do 8° ano da Escola Municipal Solange Coelho, Filipe de Jesus, 13 anos, há três anos aluno do projeto de xadrez, o passeio foi baste proveitoso.

“Não sabia que medicamentos, talco, maquiagem e tantos outros produtos fossem produzidos com pedras”, disse. Depois, eles entraram na Sala do Universo e Sistema Solar, onde assistiram a uma exposição temática. A ingenuidade e a singeleza das crianças, adolescentes e adultos que estavam presentes na sala tomaram conta de todos e não demorou para o início dos cliques das máquinas fotográficas e de aparelhos celulares. “O homem é totalmente dependente dos recursos minerais esgotáveis do planeta terra e a nossa orientação é reciclá-los”, afirmou o coordenador do Museu Geológico da Bahia, Heli Sampaio Filho. Em 2015, o Museu recepcionou 10.330 visitantes, através do Programa Museu Escola e Comunidade (PMEC), o mesmo que os estudantes trazidos pela PM estão desfrutando hoje. “A PM está de parabéns por proporcionar aos alunos uma manhã diferenciada”, finalizou.

A geógrafa Elizandra Pinheiro avaliou positivamente o trabalho social desenvolvido pelos PMs na Base Comunitária de Segurança de Itinga. “É uma ação louvável e grandiosa, voltada para a cultura, educação e ciência”, destacou. Criado em maio de 2013 pelo soldado João Felipe, o “Projeto Xadrez Para Vencer” já preparou 300 alunos com aulas de cidadania, valores, conduta moral e dinâmica que valorize o cidadão. Neste ano 90 alunos das escolas municipais Solange Coelho, Santa Júlia e Paulo Freire estão participando do projeto. Durante o período, foram realizados três campeonatos anuais e 21 torneios, sendo dois anuais em cada escola. Com informações da PM-BA.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.