Chapada: Ibicoara debate educação ambiental e prevenção a incêndios florestais

Postado em set 23 2016 - 6:39pm por Jornal da Chapada
sema

No fim do encontro foi entregue ao público cartilhas com orientações de prevenção, e atitudes sustentáveis | FOTO: Reprodução/Sema |

Um ciclo de ações para trocar experiências com professores, sindicatos rurais, brigadistas voluntários, guias turísticos, agentes de saúde, agricultores, entre outros educadores locais aconteceu em Ibicoara, na última quinta-feira (22), com o objetivo de promover o conhecimento por meio de oficinas educativas sobre a prevenção e combate aos incêndios florestais no território da Chapada Diamantina. A frente deste projeto, a Secretaria Estadual do Meio Ambiente (Sema), e o Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema), em parceria com o Corpo de Bombeiros e a Secretaria Estadual de Educação (Sec), vão realizar até dezembro um intercâmbio de experiências socioambientais com ações e oficinas, que promovam ações de educação ambiental do programa ‘Bahia Sem Fogo’.

“A gente precisa se aproximar da população e levar informação a respeito deste fato que acomete infelizmente a Chapada Diamantina todos os anos. Durante nossas oficinas, debatemos assuntos relevantes como aprimorar medidas preventivas contra incêndios, apresentar alternativas de manejo e uso do solo evitando o fogo nas atividades de campo, e principalmente multiplicar informações sobre a educação ambiental”, destaca a técnica da coordenação de Educação Ambiental da Sema, Silvani Honorato. Com o objetivo de formar uma agenda de ações, durante a oficina foram formados grupos de trabalho, para apresentar planos, e neles os convidados colocaram o que deve ser feito, quando e como eles podem ser realizados.

“Eu acredito que através da educação é possível mobilizar os educandos através da responsabilidade social e ambiental para que as futuras e presentes gerações possam se conscientizar e minimizar com esses problemas que vêm acontecendo em nossa região”, declara professora de ciências e biologia e participante da oficina, Jussara Nunes. Além dos atores principais da oficina, quem participou do evento foi a secretária municipal de Meio Ambiente e Turismo da cidade de Ibicoara, Tatiana Portela. Ela vê nesta oportunidade o fortalecimento de parcerias entre município e estado.

“Precisamos caminhar juntos e esta parceria é primordial, afinal estamos em uma região que além de linda é muito populosa, e que sofre muito com as queimadas. Nada melhor que agentes como o Estado, para nos ajudar a combater, e também nos proporcionar oficinas de educação ambiental como essas”, frisa Portela. No fim do encontro foi entregue ao público cartilhas com orientações de prevenção, e atitudes sustentáveis, quem participou das oficinas recebeu um certificado e a escola onde encontro foi realizado recebeu um selo de certificação. As informações são da Sema.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.