Pular para a barra de ferramentas
CidadesCuriosidadesMenu PrincipalPolítica
Trending

Chapada: Decreto que suspendia contrato de servidores é barrado pela Câmara de Vereadores de Seabra

Projeto do Legislativo, de iniciativa do presidente da Casa, vereador Marcos Pangola, susta o decreto do prefeito Fábio Lago Sul.

Os vereadores de Seabra, na Chapada Diamantina, barraram o decreto do prefeito Fábio Lago Sul (Rede) que previa a suspensão de contratos e o pagamento das remunerações dos servidores temporários do município. A sessão para tratar de assuntos de interesse público ocorreu, no último sábado (4), na Câmara Municipal.

Via projeto de decreto Legislativo, de iniciativa do presidente da Casa, o vereador Marcos Pangola (PDT), o decreto do prefeito Fábio Lago Sul foi sustado. A peça do Executivo, de número 31/2020, de 31 de março de 2020, afeta diretamente os contratos do Processo Seletivo – edital 002/2019.

De acordo com dados de assessoria da Câmara, o projeto foi votado e aprovado por unanimidade. Dos 13 vereadores do município, 12 estiveram presentes. Os vereadores acreditam que este não é o momento de demitir.

Segundo Marcos Pangola, “os servidores da rede educacional são remunerados com o recurso do Fundeb mês a mês”. Ele acredita que outras medidas podem ser tomadas pra contenção de gastos, e dá exemplo de “um contrato homologado recentemente no valor de R$148 mil, destinado a finalidade não essencial para o município”.

Jornal da Chapada

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios