AssessoriaCidadesCuriosidadesMenu PrincipalTop
Trending

#Chapada: Carreata com ACM Neto em apoio ao prefeito de Jacobina Luciano da Locar é proibida pela justiça

Nas redes sociais, o candidato do DEM lamentou o episódio e fez questão de agradecer a ACM Neto “por ter se deslocado de Salvador” para prestigiar a carreata que não aconteceu.

A Justiça Eleitoral impediu que uma carreata com a presença do prefeito de Salvador ACM Neto (DEM) em apoio ao atual gestor de Jacobina, na Chapada do Norte, Luciano da Locar, candidato à reeleição pelo Democratas, fosse realizada na última terça-feira (10). No vídeo publicado pelo site Política Livre, é possível ver viaturas da Polícia Militar da Bahia (PM-BA) bloqueando as ruas onde aconteceria o ato político.

O deputado federal Elmar Nascimento (DEM) também faria uma participação durante a atividade de campanha. Nas redes sociais, Luciano da Locar lamentou o episódio e fez questão de agradecer a ACM Neto “por ter se deslocado de Salvador” para prestigiar a carreata. Luciano também disse ter “certeza de que o estado vai crescer” com ACM Neto como governador em 2022.

“Nós, mais do que ninguém, temos o compromisso com os cuidados com a pandemia e com a saúde pública. A Bahia toda acompanhou a forma prudente com que agi em Salvador. Então, mais do que ninguém, eu sou defensor de que nós tenhamos postura e possamos dar os bons exemplos”, declara ACM Neto.

“Uma carreata sem aglomeração e sem gerar multidões não tem problema, mas essa foi a decisão da Justiça de suspender a carreata. Cabe a gente respeitar a decisão como está sendo feito aqui em Jacobina”, reforça. Vale ressaltar que, segundo dados do boletim epidemiológico divulgado pela prefeitura de Jacobina nesta quarta-feira (11), a cidade conta 374 casos ativos de covid-19, e 13 pessoas foram a óbito pela doença. Jornal da Chapada com informações do Política Livre.

Etiquetas

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios