CidadesCuriosidadesEditorialMenu PrincipalTop
Trending

#Bahia: Grupo vai investir R$2,3 bilhões no complexo Ventos de São Vitor, seu primeiro parque eólico no estado

"Além dos investimentos, o empreendimento vai criar mais de 2 mil empregos indiretos durante a construção dos parques”, declara o vice-governador João Leão, secretário da pasta de Desenvolvimento Econômico da Bahia.

O grupo Essentia Energia anunciou, na manhã desta quinta-feira (14), a implantação de seu primeiro parque eólico na Bahia, durante assinatura de protocolo de intenções com governo do Estado, através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE). Serão investidos R$2,3 bilhões na construção do complexo Ventos de São Vitor, com capacidade instalada de produção de aproximadamente 2 Gigawatts (GW)/ano. O empreendimento será instalado nos municípios de Xique-Xique e Itaguaçu da Bahia.

“Os bons ventos trazem novos investimentos para Bahia. Após anunciar implantação de empreendimento solar no território do Velho Chico, a Essentia vai construir seu primeiro complexo eólico, levando desenvolvimento, emprego e renda para o povo baiano, em uma região com vocação predominantemente agrícola. Além dos investimentos, o empreendimento vai criar mais de 2 mil empregos indiretos durante a construção dos parques”, declara o vice-governador João Leão, secretário da pasta.

O vice-governador João Leão durante reunião com representante da empresa | FOTO: Adenilson Nunes/GOVBA |

De acordo com o diretor de Implantação, Gilberto Peixoto, as obras civis do complexo foram iniciadas este mês e a assinatura dos protocolos é um passo fundamental na viabilidade dos projetos eólicos. “O complexo eólico São Vitor trará investimentos e empregos para o interior da Bahia, que é uma região que carece de investimento e desenvolvimento. O apoio do governo e o incentivo às empresas para se instalarem, assim como a cadeia produtiva do Estado no suporte dessa instalação são importantes. Esperamos continuar investido na Bahia e construir novos projetos de energias renováveis no futuro”, afirma.

A previsão é que os parques eólicos comecem a entrar em funcionamento no segundo trimestre de 2022 e esteja 100% operacional no primeiro trimestre de 2023. Além do complexo eólico, a Essentia tem um projeto solar no município de Oliveira dos Brejinhos, na Chapada Diamantina, que tiveram suas obras iniciadas no ano passado e tem estimativa de serem concluídas no final deste ano. As informações são de assessoria.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios