CidadesCuriosidadesMenu PrincipalPolíticaSÃO JOÃOTop
Trending

#Chapada: Prefeituras chapadeiras pedem para que comemoração junina seja feita sem aglomeração e em casa

Medida é para evitar a propagação da covid-19 na região e manter a população atualizada das ações para diminuir os efeitos da pandemia.

A festividade do São João foi suspensa pelo segundo ano consecutivo, em razão da pandemia de covid-19. Com isso, cidades chapadeiras como Morro do Chapéu, Nova Redenção, Itaberaba, Utinga, Ibiquera, Boa Vista do Tupim, Marcionílio Souza, Lençóis e Piatã, que possuem a tradicionalidade de realizar comemorações neste período, precisaram recomendar para que os residentes curtam seus comes e bebes dentro das suas residências, para evitar aglomerações e, consequentemente, a propagação do vírus.

É válido ressaltar que os municípios da região da Chapada Diamantina contam com toque de recolher das 20h às 5h, conforme o decreto do Estado. Já a venda e bebida alcoólica está proibida, inclusive por meio de delivery, desde às 18h desta quarta-feira (23) até às 5h de 28 de junho.

Por meio das redes sociais, a prefeitura de Lençóis, administração da prefeita Vanessa Senna (PSD), desejou um feliz São João para a população. Já a gestão de Itaberaba brincou fazendo menção ao ‘Arraiá da Ita’, que desta vez será sem quadrilhas e sem forró pé de serra. “Bora se cuidar, não aglomerar, usar a máscara e manter todos os cuidados, pra gente fazer mais um São João arretado de bom quando tudo isso passar”, ressalta a gestão itaberabense.

Morro do Chapéu também pediu para que a população evite aglomerações, apelando para um “São João consciente”. O pedido já havia sido feito pela prefeita Juliana Araujo (PL) (confira aqui). O prefeito de Piatã, Marcos Paulo (PDT), fez um apelo para que a aglomeração seja substituída pela reunião familiar. “Vamos adiar a felicidade que a festa nos traz, para sermos inteiramente felizes, com saúde, no próximo ano”, enfatiza.

Em Nova Redenção, o tradicional ‘Forró do Idoso’ teve a tradição, que perdura há 15 anos, quebrada em razão da pandemia. Contudo, a prefeitura administrada pela prefeita Guilma Soares (PT), ressalta as grandes memórias do evento pelas redes sociais com fotos e vídeos.

Com um ornamento chamativo e que traz memórias da época junina nas ruas de Utinga, a prefeitura também pede para que a data seja celebrada em casa, com os devidos cuidados sanitários. O prefeito Joyuson Vieira (PSB) manteve a tradição de se pronunciar no período junino e reforçou o pedido de acolher familiares no lar e evitar aglomerações.

Foi assim também nos municípios de Boa Vista do Tupim, Ibiquera e Marcionílio Souza, as gestões municipais mantém a atuação para evitar o avanço da pandemia neste período de São João. Em Ibiquera, o prefeito Ivan Almeida (PP) defendeu a participação de todos para o cumprimento dos decretos em vigor no estado e no município. “Vamos respeitar os doentes e suas famílias e festejar em nossos lares”, declara.

Em Boa Vista do Tupim, o prefeito Helder Lopes Campos, o popular ‘Dinho’ (PSDB), disse que o trabalho continua para fortalecer a atuação da equipe de saúde e vigilância sanitária. Ele cobrar cautela nas comemorações. “Estamos em uma pandemia e vamos continuar a focar na gestão. Agora, o importante é ajudar a salvar vidaa”, pontua o gestor chapadeiro.

No município de Marcionílio Souza, o prefeito Hermínio José Mercês, o popular ‘Corró’ (PP), reforçou as ações e disponibilizou informações para a população da sede e da zona rural sobre os dados da pandemia no município, além de lembrar dos decretos estaduais e da importância de evitar aglomerações. As recomendações em todos os municípios citados são encontradas em publicações em canais oficiais das prefeituras.

Jornal da Chapada

Etiquetas

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios