Sem apoio do SDD, Wagner chama deputado de “Maria vai com as outras”

Postado em jun 6 2014 - 1:51pm por Jornal da Chapada
wagner

Wagner disse que Arthur Maia “é Maria vai com as outras” | FOTO: Jornal da Chapada |

No final do mandato o governador Jaques Wagner (PT) decidiu endurecer o tom contra os adversários. O objetivo parece ser claro: rebater as críticas e partir para cima dos opositores, deixando caminho livre para que o pré-candidato escolhido por ele, Rui Costa (PT), possa se apresentar como detentor das propostas de melhorias para a Bahia e concentrar as suas forças apenas no embate positivo, sem precisar rebater as críticas. Em entrevista à rádio Metrópole, na manhã desta sexta-feira, Wagner demonstrou a nova postura ao se referir ao deputado Arthur Maia como “Maria vai com as outras”. A declaração foi feita após o apresentador Mário Kertész citar que Maia já havia elogiado o pré-candidato petista no início do ano e agora brigar com o deputado federal Marcos Medrado, presidente do Solidariedade em Salvador, para que a legenda apoiasse Paulo Souto (DEM).

Wagner também minimizou as críticas de aumento da violência na Bahia, feitas pelo ex-governador e pré-candidato ao Palácio de Ondina, Paulo Souto (DEM). Wagner assumiu que existem problemas de Segurança Pública na Bahia, mas afirmou que “a Segurança é um problema sério em todos os estados da Federação. Eu recebi vários calhambeques, as polícias não tinham coletes a prova de balas. Construímos presídios, meu investimento foi de R$ 16 bilhões e o dele de R$ 6 bilhões. Eu vou sugerir que ele pegue nosso projeto do Pacto pela Vida. O aumento de homicídios no meu período é de 60%, no dele é de 260%. As pessoas mentem e a população precisa saber dos números”, rebateu. “Meu tempo está acabando mas eu me orgulho de sair e deixar a Segurança Pública do jeito que está. (…) A segurança é um problema? É. Mas eu tenho fé que a gente vai vencer essa batalha contra o crime e contra a marginalidade. A população nos julga pela nossa postura frente ao problema”, declarou.

O petista também afirmou que vai assistir aos jogos da Copa do Mundo realizados em Salvador, pediu para que os baianos entrassem no clima da competição e criticou posturas contrárias ao evento. “Pode até se criticar a Copa, mas não fazer um trabalho de baixar a autoestima do povo. A decisão já foi tomada, a Copa está aí. Agora é fazer um grande espetáculo”, concluiu. Texto extraído do Política Livre.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.