Fogo na Chapada: Ibicoara tem duas trilhas para cachoeiras interditadas e combate é intensificado

Postado em dez 8 2015 - 10:44pm por Jornal da Chapada
foto5

Ibicoara conta com auxílio e apoio de diferentes frentes para atuação contra as chamas | FOTO: Sandro Santos Ribeiro |

O município de Ibicoara é um dos três que sofrem com os incêndios florestais que afetam a região da Chapada Diamantina. Por lá, também tem trilhas interditadas, assim como em Lençóis e Palmeiras, onde a Gruta do Lapão e a Cachoeira da Fumaça estão com visitação suspensa. Trata-se das trilhas para as cachoeiras da Fumacinha e Véu de Noiva, que estão interditadas por causa das chamas que consomem a vegetação em Ibicoara. As informações foram confirmadas nesta terça-feira (8) pelo Instituto Chico Mendes de Conversação da Biodiversidade (ICMBio) e por comunicólogos que auxiliam na formação das equipes de combate e na assessoria com a imprensa.

foto5

Equipes revesam os combates na região e atuam para debelar o fogo | FOTO: Sandro Santos Ribeiro |

Leia também:
Brigada alerta para fogo que se aproxima de casas e da área urbana em Lençóis; chamas voltam no Capão
Fogo na Chapada: Fumaça é novamente fechada e mais três atrativos da região têm visitação suspensa
Fogo na Chapada: Presidente da Cifa questiona atuação do corpo de bombeiros e pede presença de major

De acordo com a voluntária Tayne Luz, a atuação contra o fogo conta com 37 pessoas e os pontos turísticos seguem interditados até o fogo não mais apresentar risco à população local e a turistas. “Brigadistas do ICMBio, do Prevfogo/Ibama, da Cifa [Combatentes de Incêndios Florestais de Andaraí] e brigadas locais passaram o dia [terça] fazendo a extinção do fogo nas regiões do Araponga e do Garapa, onde o foco está controlado. O combate foi intenso no local chamado de Machombombo e o fogo também está controlado”, aponta.

foto5

O fogo já consumiu áreas da região da Garapa e Araponga | FOTO: Sandro Santos Ribeiro |

Segundo a comunicóloga, o combate também conta com uma aeronave air tractor, que está à disposição das equipes de brigadistas e um helicóptero cedido pelo governo baiano. “Estamos tendo apoio da equipe do Projeto Semeando Águas do Paraguaçu, da Hospedaria Camponesa Terra Mater, do Restaurante Brilho da Chapada e da Bral [Brigada de Resgate Ambiental de Lençóis], que enviou equipamentos EPIs que já está sendo usado”, completa Tayne Luz.

Jornal da Chapada

Leia também:
Chapada: Brigada critica falta de suporte da prefeitura de Lençóis a voluntários que combatem fogo
Bombeiro é desligado da equipe que atua no fogo na Chapada Diamantina por cobrar diárias
Fogo na Chapada: Encontrados mais dois novos focos de incêndio no Vale do Capão

Confira álbum de imagens de Sandro Santos Ribeiro:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

8 Comentários Sinta-se livre para participar desta conversa.

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.