Fogo na Chapada: Presidente da Cifa questiona atuação do corpo de bombeiros e pede presença de major

Postado em dez 8 2015 - 5:10pm por Jornal da Chapada
foto5

O fogo já destruiu mais de 30 mil hectares de vegetação dentro e fora do Parque Nacional da Chapada Diamantina | FOTO: Ilustração/Tayne Luz |

Em contato com o Jornal da Chapada nesta terça-feira (8), o presidente dos Combatentes de Incêndios Florestais de Andaraí (Cifa), Homero Vieira, questionou a atuação do corpo de bombeiros do estado no combate aos incêndios na Chapada Diamantina. Para o voluntário, o Estado e a União estão aquém do que podem fazer para conter a atual situação, que já interditou quatro pontos turísticos na região.

“Solicitei ao comando do corpo de bombeiro da Bahia a vinda do major Carregosa, ele conhece toda a região atingida. Isso ia facilitar o trabalho harmônico entre os bombeiros e brigadistas voluntários, mas infelizmente não fomos atendidos. Pedimos hoje [terça, 8] de novo, temos solicitado desde o começo dos incêndios, ou seja, há mais de três meses. Não entendo porque sempre que solicitamos é negado. Nos parece que tudo é feito com a intenção de não nos atender”, declara Homero Vieira.

Leia também:
Fogo na Chapada: Fumaça é novamente fechada e mais três atrativos da região têm visitação suspensa
Chapada: Brigada critica falta de suporte da prefeitura de Lençóis a voluntários que combatem fogo
Bombeiro é desligado da equipe que atua no fogo na Chapada Diamantina por cobrar diárias
Fogo na Chapada: Encontrados mais dois novos focos de incêndio no Vale do Capão

homero

Homero volta a denunciar o descaso do Estado e da União com o fogo na Chapada | FOTO: Reprodução/Suzana Matos |

Homero atua com a Cifa no combate ao fogo em Ibicoara. Atualmente existem focos, no Vale do Capão, na região da Cachoeira da Fumaça, área conhecida como ‘Toca da Maternidade’. Existe equipe da Associação de Condutores de Visitantes do Vale do Capão (ACV-VC), atuando neste combate e há também fogo no Boqueirão e Vale do 21 [Cachoeira].

Em nota divulgada pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), cerca de quatro pontos turísticos foram interditados para o combate às chamas. No município de Ibicoara está suspensa a visitação às cachoeiras Véu de Noiva e Fumacinha, essas queimadas foram iniciadas por raios no último final de semana. Em Lençóis, a Gruta do Lapão está interditada, e o fogo é combatido por voluntários da Brigada de Resgate Ambiental de Lençóis (BRAL). A trilha da Fumaça também voltou a ser interditada.

Jornal da Chapada

Leia também:
Massa de ar quente continua atuando na Chapada Diamantina; chuvas não são descartadas
Brigadistas reclamam da falta de vontade política para debelar o fogo na Chapada Diamantina
Fogo na Chapada: Chefe da brigada do Capão aponta ineficiência do governo e pede ajuda de aeronave

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

10 Comentários Sinta-se livre para participar desta conversa.

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.