Chapada: Quinze bois morreram após serem atingidos por raio em Mundo Novo

Postado em jan 5 2016 - 1:13pm por Jornal da Chapada
foto5

De acordo com nota da Adab, a carne do gado morto não deve ser consumida | FOTO: Reprodução/Blog Agmar Rios |

Quinze bois morreram após serem atingidos por raio no município de Mundo Novo, na Chapada Diamantina. O caso aconteceu na última segunda-feira (4), numa fazenda no distrito de Ibiaporã. De acordo com dados da delegacia da cidade, a chuva forte que atingiu a região deixou casas destelhadas e provocou quedas de energia. Segundo publicação do Portal G1, o morador José Camilo de Araújo disse que a fazenda fica em uma localidade conhecida como Bonita e pertence a Carlinhos de Zé de Germino. “Fiquei sabendo do que aconteceu, a chuva ontem [segunda] foi forte e muita gente se prejudicou”, disse o morador ao G1.

Por meio de nota, a Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab), vinculada à Secretaria da Agricultura (Seagri), determinou que técnicos do escritório da agência em Mundo Novo inspecionem a fazenda no distrito de Ibiaporã, onde as 15 cabeças de gado foram mortas, orientando o proprietário quanto ao descarte dos animais.

Leia também:
Chuvas trazem alívio e novas preocupações para a Chapada Diamantina
Chuvas trazem prejuízos à Chapada Diamantina, apesar de apagar os incêndios

De acordo com o diretor de Defesa Animal da Adab, Rui Leal, em casos como esse, a carne não deve ser consumida. “A orientação é que os animais sejam incinerados ou enterrados em valas com cal”, explica. A morte dos animais ocorreu na tarde de segunda-feira (4), quando a região de Mundo Novo foi atingida por um temporal, com ventos fortes, relâmpagos e trovões.

Os técnicos da Adab também orientam os criadores sobre o aterramento correto das cercas, evitando que a carga elétrica não se propague e não chegue aos animais, quando atingidas por raios. “Não temos como evitar os raios, mas podemos minimizar o perigo e as consequências”, acrescenta Rui Leal.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

3 Comentários Sinta-se livre para participar desta conversa.

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.