#Política: Prefeitos milionários se elegem nas maiores cidades do Brasil

Postado em out 4 2016 - 6:18pm por Jornal da Chapada
neto

O prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), tem mais de R$ 27,8 milhões em bens | FOTO: Reprodução/Max Haak |

Das 92 cidades com mais de 200 mil habitantes 37 já decidiram seus futuros prefeitos no primeiro turno. Mais da metade dos prefeitos eleitos são milionários. Segundo levantamento do G1, 23 desses prefeitos declararam ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) patrimônio de R$ 1 milhão ou mais.

O prefeito mais rico da lista é Vittorio Medioli (PHS), de Betim (MG), que declarou bens no valor total de R$ 352.572.936,23. Em seguida está o prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), com R$ 179.765.700,69, e o prefeito de Salvador (BA) ACM Neto (DEM), com R$ 27.886.721,62.

Além de São Paulo e Salvador, Natal e João Pessoa são as outras capitais com prefeitos milionários. Os estados com mais milionários entre os prefeitos eleitos nas maiores cidades brasileiras são Minas Gerais e São Paulo. Onze dos 23 são de municípios paulistas e quatro são cidades mineiras. O partido com mais prefeitos milionários da lista é o PSDB, com dez dos 23.

2º turno
O número de prefeitos com patrimônio maior que R$ 1 milhão certamente aumentará quando as urnas forem abertas para apurar o 2º turno. Das 55 cidades em que haverá votação em 30 de outubro, 30 possuem, pelo menos, um milionário na disputa.

Com certeza, ao fim da eleição, serão, pelo menos, 29 os prefeitos com patrimônio superior a R$ 1 milhão. Se todos os milionários na disputa se elegerem, o Brasil terá 59, ou seja, mais da metade, de suas grandes cidades governadas por donos de contas bancárias com valores superiores a seis zeros. Com informações do G1.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.