Chapada: Censo Turístico Estadual é apresentado em Lençóis pela Secretaria de Turismo da Bahia

Postado em nov 28 2018 - 1:20pm por Jornal da Chapada
capa

A Setur avaliará essa semana o pedido de financiamento de uma atração musical para o réveillon de Lençóis e que o recurso para construção de um píer no Remanso já foi autorizado | FOTO: Divulgação/Ascom | 

O superintendente da Secretaria Estadual de Turismo da Bahia (Setur), Jorge Ávila, participou na manhã da última terça-feira (27), no Hotel Portal de Lençóis, na Chapada Diamantina, da apresentação do Censo Turístico estadual 2018. Ávila falou sobre o destaque de Lençóis enquanto destino, que é referência em termos de infraestrutura. “Hoje Lençóis tem 4 mil leitos, um aeroporto funcionando plenamente, uma estrada muito boa, alimentação e hospedagem ótimas. Isso já é uma realidade. O que precisa agora são os empresários do setor conversarem e se unirem”, avaliou.

Jorge adiantou ainda que a Setur irá avaliar essa semana o pedido de financiamento de uma atração musical para o réveillon e que o dinheiro para construção de um píer no Remanso já foi autorizado. Também estiveram presentes ao evento a diretora de turismo de Lençóis, Roberta Ferraz, o diretor de meio ambiente, Andrés Yglesias, o presidente do Conselho Municipal de Turismo, Anselmo Macêdo, o presidente da Associação Geoparque Serra do Sincorá, Renato Azevedo, Lilian Andrade, representando a ACVL, a diretora da Casa Afrânio Peixoto, Dulce Ferrero, e integrantes de meios de hospedagem, agências de turismo, e artesãos do mercado cultural.

Anselmo abriu a reunião explanando sobre a importância do Estado ter um olhar diferenciado para os municípios que também são destinos turísticos, pois estes têm visibilidade ampliada e demandas extras. “Já levamos a necessidade sobre a construção de um centro de convenções e estamos acompanhando”, concluiu.

Censo
O diretor da Setur, Divaldo Borges, apresentou na sequência os dados do Censo Turístico aplicado com 150 municípios baianos com 85% de taxa de resposta. Somente 21,3% dos municípios pesquisados possuem Centro de Atendimento ao Turista. Além disso, 76,4% não fazem pesquisa com série histórica do fluxo de turistas. Para o diretor , o caminho para evolução dos quadros é o fortalecimento da governança: “O Conselho de Turismo é a ferramenta de desenvolvimento de turismo do município”, destacou Divaldo. Jornal da Chapada com informações de assessoria.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.