CidadesCuriosidadesEconomiaMenu PrincipalTop
Trending

#Chapada: Nova Redenção segue sem casos ativos de covid e amplia vacinação; duas pessoas morreram na pandemia

A prefeitura municipal também realizou o 'Mutirão do Glaucoma' para atender pacientes cadastrados de forma gratuita.

O município de Nova Redenção, na Chapada Diamantina, segue sem casos ativos de covid-19 e amplia a vacinação dos grupos prioritários. De acordo com o boletim epidemiológico atualizado pela Secretaria Municipal de Saúde nesta segunda-feira (29).

Segundo os dados, três pessoas estão sob suspeita e aguardando o resultado do exame que irá detectar ou não a presença do vírus em seu organismo. Essas três pessoas estão sendo monitoradas em isolamento domiciliar.  

Nova Redenção identificou 137 pessoas infectadas, sendo que 135 foram curadas e dois foram a óbitos em decorrência de complicações causadas pelo coronavírus. O município chapadeiro conta com 584 pacientes que testaram negativos para a covid e 548 que estavam em isolamento domiciliar já saíram do monitoramento.

Vacinação
Nova Redenção continua seguindo com o cronograma de vacinação respeitando todas as etapas e os grupos prioritários. Atualmente, o imunizante está sendo aplicado em idosos da faixa etária de 65 e 69 anos. Foram recebidas 1.162 doses, sendo 889 aplicadas. Nos profissionais de saúde foram 140 e em idosos acima de 65 anos foram 748.

Mutirão de Glaucoma  
A ação destinada à população de Nova Redenção aconteceu no último sábado (27) por meio da parceria da prefeitura Municipal, do Governo do Estado e da Adrivana Cunha Hospital de Olhos.

O Mutirão do Glaucoma prestou atendimento oftalmológico especializado e distribuiu colírios para a continuação do tratamento a 42 pacientes cadastrados. Essa ação foi organizado pela Secretaria Municipal de Saúde e seguiu todos os protocolos de segurança para a prevenção ao novo coronavírus.

Jornal da Chapada

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios