AssessoriaCidadesCuriosidadesMenu PrincipalTop
Trending

#Chapada: Prefeitura de Mucugê restaura o ‘Cemitério Bizantino’; “Ponto turístico da nossa cidade”, diz gestora

O cemitério é considerado patrimônio histórico local e um dos locais mais visitados da Chapada Diamantina.

A prefeitura de Mucugê, na Chapada Diamantina, está restaurando a obra do cemitério Bizantino. O cemitério, que está sendo restaurado, é considerado um patrimônio histórico local, além disso, “é um ponto turístico da nossa cidade”, ressalta a prefeita Ana Medrado, a popular ‘Dona Ana’ (DEM), em contato com o Jornal da Chapada.

No último dia 27, a gestora visitou o local para acompanhar a reforma de perto. Segundo a prefeita, o cemitério estava há “quatro anos sem limpar, mato tomou conta, iluminação toda queimada”. Ela ressalta que com a reforma, o local passa a restaurar, inclusive, a história do local.

História do Cemitério
O cemitério Santa Isabel, mais conhecido como ‘Cemitério Bizantino’, foi construído por volta de 1855 e teve a obra concluída em 1886. De acordo com informações, a escolha do terreno foi por conta da facilidade em escavar e o cemitério é dividido em duas partes – uma plana e uma murada, no qual os túmulos conseguem ser visualizados de longe.

Além disso, a construção começou após uma epidemia, onde surtos de cólera e varíola atingiram o local e era necessário um lugar distante da cidade para enterrar as vítimas. O local é um dos importantes pontos turísticos da região chapadeira e impressiona os visitantes por citar bem rente à serra

Ação de páscoa
A ação desenvolvida pela Secretaria de Cultura e Turismo nomeada de ‘A Esperança em Forma de Chocolate’ foi pensada há dois meses e baseia-se na distribuição de mais de 300 kits confeccionados, com doces, chocolates, dentre outros – tão aguardados neste período de Páscoa.

Com o decreto contra a covid, a ação foi repensada e modificada, atendendo a determinação da medida estabelecida. Segundo informações, a Secretaria conseguiu doações e, assim, montou mais de 300 kits para atender algumas crianças em situação de vulnerabilidade do município.

A princípio, estariam envolvidas crianças apenas do programa ‘Criança Feliz’, programa do Centro de Referência de Assistência Social (Cras), que envolve pequenos da região da ‘Sede’, ‘Vila Agrícola’ e ‘Fazenda Ibicoara’. Mas com a grande quantidade de doação, outras crianças entre 2 e 8 anos puderam ser atendidas com a ação.

Da quantidade, 80 kits foram para as crianças dos programas, outros 80 kits para pessoas do Centros de Atenção Psicossocial (Caps). E, como ainda sobrou alguns chocolates, pirulitos e afins, entre esta quinta (1°) e sexta-feira (2) esses doces serão entregues para a comunidade rural.

Com isso, a Secretaria também pede ajuda de agentes comunitários envolvidos em causas sociais do distrito, assim como das escolas para conseguir mais doações. Algumas áreas que a Secretaria conseguiu limitar para a entrega dos kits foram: ‘Sede’, ‘Vila Agrícola’, ‘Fazenda Ibicoara’, ‘Brejo’ e na ‘Vila de Guiné’.

Jornal da Chapada

Este slideshow necessita de JavaScript.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios