CidadesCuriosidadesEconomiaMenu PrincipalTop
Trending

#Bahia: Mais de 310 mil famílias serão beneficiadas com o auxílio financeiro do Bolsa Presença; veja se você tem direito

As famílias beneficiadas com o cadastro no CADúnico, por se enquadrarem na situação de pobreza ou extrema pobreza, já estão recebendo o cartão da bandeira Alelo, a partir do agendamento prévio das escolas.

O Programa Bolsa Presença deverá beneficiar cerca de 311 mil famílias e alcançar 357 mil estudantes da rede estadual de ensino. Cada família receberá R$ 150 por mês, durante seis meses, o que representa um investimento com recursos próprios do Estado de R$ 280 milhões, que também irão movimentar a economia em toda a Bahia. As famílias beneficiadas com o cadastro no CADúnico, por se enquadrarem na situação de pobreza ou extrema pobreza, já estão recebendo o cartão da bandeira Alelo, a partir do agendamento prévio das escolas. O primeiro crédito estará disponível no dia 27 de abril.

O programa de assistência estudantil do Governo da Bahia objetiva evitar o abandono escolar e contribuir para fortalecer o vínculo com a escola e o processo de ensino e aprendizagem.

Em Salvador, Tatiane dos Santos, mãe do estudante Éric dos Santos de Santana, 18, 3º ano, já pegou o cartão do benefício após ter agendado no Colégio Estadual Professor Carlos Barros, localizado no bairro de Paripe. “Esse valor de R$ 150 tem uma importância muito grande, pois no momento eu me encontro desempregada e a pandemia está nos impossibilitando de ter uma renda e dar um conforto melhor para os nossos filhos. Esse benefício vai ajudar muito na alimentação e na compra de produtos de limpeza e higiene pessoal”, afirmou.

No município de São Sebastião do Passé, a 67,6 km de Salvador, Cristiane Cardoso dos Santos e sua filha, Thainara dos Santos Bispo, 18, 3º ano, foram juntas pegar o cartão no Colégio Estadual Deputados Luís Eduardo Magalhães. “O benefício vem em um momento bom, pelo fato de eu estar desempregada e isso ajudará em algumas despesas necessárias, como alimentação, pagamento de contas de água e luz e, também, vai ser importante para custear a internet, para que a minha filha possa assistir às aulas on-line”, disse Cristiane.

O benefício do Bolsa Presença é por família, mas o aluno pode acumular com os demais benefícios que recebe, ou seja, os R$ 55, por parcela, do vale-alimentação estudantil e os R$ 100 se for monitor do programa Mais Estudo. Cada beneficiário possui um cartão específico para utilização. O valor poderá ser utilizado para a aquisição de gêneros alimentícios, artigos de limpeza e compras em farmácias ou para outra destinação de interesse da família, como material escolar, por exemplo. Juntos, estes três programas – o Bolsa Presença, o Mais Estudo e o Vale-alimentação Estudantil – somam mais de R$ 410 milhões de recursos próprios do Estado da Bahia.

Além de a família estar cadastrada no CadÚnico, as condições para que o aluno matriculado receba o auxílio Bolsa Presença são: assiduidade nas aulas ministradas pela unidade escolar em que esteja matriculado, com frequência mínima de 75%; participação do estudante e da sua família nas atividades e avaliações escolares; desenvolvimento do projeto de vida e intervenção social; e manutenção atualizada dos dados cadastrais na unidade escolar e no CadÚnico.

Consulta
A Secretaria da Educação do Estado da Bahia (SEC) disponibilizou um link para a consulta sobre o direito ao Programa Bolsa Presença. A consulta pode ser feita através do sistema SIADIANTE, da SEC, pelo endereço https://bit.ly/2Ri1WrX. Quem não tem acesso à internet poderá ligar para a escola e solicitar a consulta no sistema. As informações são de assessoria.

Etiquetas

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios