Após goleada de 5 a 1 para a Alemanha no Mundial Sub-20, jogadora do Brasil desabafa com críticas

Postado em ago 13 2014 - 10:20am por Jornal da Chapada
goleada

Zagueira Julia Bianchi chora na saída do campo após Brasil levar 5 a 1 da Alemanha no Mundial Sub-20 | FOTO: Paul Chiasson/AP |

As comparações entre as seleções brasileiras de futebol feminino e masculino irritaram a volante Djenifer Becker. Na terça-feira (12), a equipe feminina sub-20 do Brasil foi goleada por 5 a 1 para a seleção da Alemanha no Mundial, e eliminada nas quartas de final. O placar elástico serviu de comparação com a humilhação sofrida por David Luiz e companhia na semifinal da Copa do Mundo 2014, quando o time perdeu por 7 a 1 da Alemanha, que se sagrou campeã da competição. As meninas receberam muitas críticas nas redes sociais, e isso deixou a jogadora de 18 anos revoltada. Djenifer, que joga do Kindermann, de Caçador (SC), sugeriu que as pessoas comparassem os salários, as estruturas e os investimentos entre as seleções femininas e masculinas, em vez de ironizar o placar quase semelhante.

“Infelizmente hoje deixamos a competição tão sonhada por todos. Tivemos jogos duros, nos quais sabemos que jogamos contra AS MAIORES potências do futebol feminino na atualidade. Hoje perdemos de 5×1 para a Alemanha, é tão fácil agora falar HUMILHAÇÃO DE NOVO, SÓ QUE AGORA COM A FEMININA. Mas creio que quem fala isso literalmente NÃO ASSISTIU AO JOGO e só olhou o placar. É fácil agora comparar a derrota com a da seleção masculina, mas me diz, por que não compara o salário? Por que não compara as estruturas, o investimento? O nível de profissionalismo, por quê? Sites que nunca sequer falaram que teria o campeonato, ou os horários dos jogos, agora querem criticar? Com que moral? Ah… Esqueci que polêmica dá mais audiência. Pelo amor de Deus, vamos acordar!!!! Para finalizar, parabenizo TODOS que aqui estiveram e sabem o quanto lutamos!!! #seleçãosub20”, escreveu no Instagram.

Camisa 4 como David Luiz, a zagueira Julia Bianchi, de 16 anos, não reclamou das críticas, mas pediu apoio para a seleção. A atleta agradeceu o carinho que recebeu e lamentou o fato de o Brasil ter sido eliminado. “Infelizmente a vitória não veio e o sonho acaba por aqui. Com a derrota de hoje nos despedimos da competição, mas com certeza de cabeça erguida, sabíamos do potencial dos nossos adversários e o quão difícil era nosso grupo considerado a “chave da morte” e mesmo assim enfrentamos os melhores do mundo de igual pra igual. Precisamos de apoio, Brasil! Potencial e qualidade estamos há muitos anos mostrando que temos, mas sozinhas, jogando apenas porque amamos isso e porque honramos nosso país de verdade. Infelizmente não é o suficiente e vamos continuar batendo na trave! Apoio ao Futebol Feminino! Obrigada a todos que nos acompanharam e que torceram realmente por nós. Não foi dessa vez, mas obrigada por tudo! #euapoio #ofutebolfemininoapoia #Brasil #familiasub20 #mundial”, disse. Extraído do GloboEsporte.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.