Suíca visita comunidades rurais e diz que política é ferramenta de transformação social

suíca

Suíca defende a política como ferramenta de transformação durante debate com líderes em Camacan | FOTO: Ascom |

O candidato a deputado estadual e atual vereador de Salvador, Luiz Carlos Suíca (PT), defendeu nesta segunda-feira (8) a política como ferramenta de transformação da sociedade, durante reuniões com lideranças de diferentes cidades do sul baiano. A agenda de atividades políticas tem feito o postulante a ampliar seu raio de atuação, passando a conhecer ainda mais o estado. Foi assim durante a visita aos municípios de Camacan e Pau Brasil, onde realizou plenária em assentamento de reforma agrária do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) e se reuniu com indígenas. Junto com os líderes Saulo e Mara, e o vereador Gerson Pataxó (PT), Suíca conheceu as localidades e debateu ações de infraestrutura para a região, com mais quadras poliesportivas, escolas, e postos de saúde.

foto

Suíca debate políticas públicas com indígenas em Paul Brasil | FOTO: Ascom |

“As comunidades rurais precisam de infraestrutura mínima para poder ser mantidas. Os indígenas compreendem essas ações e pedem mais políticas públicas. Nas visitas que fizemos em assentamentos é visto como as estruturas físicas estão em pleno funcionamento para dar condições de produção agrícola com transversalidade: onde os adultos vão trabalhar e as crianças vão para as escolas. Então, cobramos mais políticas públicas para os indígenas, com acesso a saúde, educação, moradia, segurança, e crédito rural para produção”, defende Suíca, que também esteve com o membro do Sindilimp da região sul e sudoeste, Zé Carlos.

Durante plenária no município de Pau Brasil, o petista inaugurou ponto de apoio para a campanha e debateu com os indígenas mais políticas públicas e orçamento para educação e esporte. “Viemos debater mais ações para as comunidades e descobrimos que na cidade existe a denúncia da falta de merenda escolar e de pagamentos de professores concursados, desvalorizando ainda mais a profissão e deixando os alunos sem seus direitos”, aponta o candidato, ao lado do cacique e vereador Gerson Pataxó. Ainda em Pau Brasil, Suíca esteve com o líder petista Samuel Branco que, junto com membros do diretório do MST, participou das agendas.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.