Garimpeiro da Chapada Diamantina morre em Itaberaba após lutar contra doença

Postado em ago 24 2015 - 7:21pm por Jornal da Chapada
foto

O garimpeiro fazia tratamento de hemodiálise desde o dia 12 de agosto | FOTO: Ernesto Jazade/Divulgação |

É com profundo pesar que o Jornal da Chapada informa o falecimento do garimpeiro Coriolando Rocha de Oliveira, aos 88 anos. Seu Cori, como era conhecido, faleceu no município de Itaberaba, na Chapada Diamantina, nesta segunda-feira (24), após lutar contra doença crônica que afetou os rins e o coração.

O garimpeiro fazia tratamento de hemodiálise desde o dia 12 de agosto. Famoso pela participação em documentários sobre a história da Chapada Diamantina, morador de Lençóis, Cori criou um museu do garimpo em sua casa e sua morte comoveu diversos setores da sociedade chapadeira.

Coriolando chegou a ficar internado em hospital de Seabra, mas suas condições o levaram a ser transferido para Itaberaba, onde iniciou o tratamento de hemodiálise. Coriolando Rocha de Oliveira completou seus 88 anos de vida, no último dia 15 de agosto.

Jornal da Chapada

Confira abaixo vídeos sobre Seu Corí

Leia também:
Garimpeiro ícone da Chapada Diamantina luta pela sobrevivência; tratamento acontece em Itaberaba
Chapada: Rancho do Garimpeiro é reaberto em Lençóis totalmente revitalizado
Garimpeiro da Chapada Diamantina recebe alta de hospital e será tratado em casa
Famoso garimpeiro da Chapada Diamantina está internado em Seabra e família pede ajuda

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

2 Comentários Sinta-se livre para participar desta conversa.

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.