Pular para a barra de ferramentas
AssessoriaCidadesCuriosidadesMenu Principal

Chapada: Rancho do Garimpeiro é reaberto em Lençóis totalmente revitalizado

foto333
O espaço, considerado um museu vivo do garimpo, foi revitalizado e será reaberto ao público no sábado | FOTO: Renata Reis |

Após passar por um projeto de revitalização, o Rancho do Garimpeiro terá evento de reabertura no próximo sábado (25), no município de Lençóis, Chapada Diamantina. O espaço é dedicado à preservação da memória de Seu Cori (ex-garimpeiro) e do Garimpo de Serra (atividade artesanal que foi muito difundida na região) e conta com novidades em suas instalações, que serão apresentadas em momento de festa, com participação especial do fundador e demais atrações.

Considerado um museu vivo do garimpo, o local apresenta aos visitantes quais eram as ferramentas, as roupas e a moradia específica desses trabalhadores, além da réplica dos locais construídos exclusivamente para a busca das pedras preciosas. “Deixar de trabalhar quando eu ainda tinha forças para isso, foi um momento de muita tristeza em minha vida. Desorientado, resolvi brincar de garimpo para não esquecer a minha história e mostrar para o povo como se trabalhava e pegava diamante. Assim, aos 77 anos, criei um garimpo artificial; igual como era na montanha”, conta Seu Cori.

Desde a sua criação, em 2003, o Rancho do Garimpeiro foi visitado por milhares de pessoas e reconhecido pela sua importância na valorização da identidade cultural regional. Por isso, o projeto de revitalização se dedicou a restaurar as instalações; registrar; digitalizar; divulgar e publicar o acervo e as incontáveis histórias do mestre do garimpo – como Seu Cori também é conhecido.

foto1
Até o final do mês, será colocado no ar um site com todo o conteúdo do projeto | FOTO: Reprodução |

A audição com as narrações do velho garimpeiro é uma das novidades que será apresentada. Durante os nove anos de funcionamento, ele sempre foi o responsável por receber os visitantes e simular a busca pelo diamante, porém, aos 87 anos, por motivos de saúde, ele não está mais atuando. “Seu Cori é a alma do rancho, não teria sentido manter o espaço e não ouvir seus cantos e contos”, destaca a realizadora do projeto, Monique Ferrari. Até o final do mês, será colocado no ar um site com todo o conteúdo do projeto.

Sobre a revitalização
O projeto de Revitalização do Rancho do Garimpeiro foi contemplado pelo Edital 24/2012, Culturas Populares, da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia e contou, também, com o apoio do Restaurante O Bode e do Hotel de Lençóis. “O objetivo foi valorizar a ação de Seu Cori e promover a expressão cultural dos garimpeiros que, desde a proibição da atividade na região, em 1996, estão sujeitos à discriminação e à marginalização”, destaca Monique. Para ela, “o projeto pretende ainda enriquecer a experiência do visitante, criando um vínculo afetivo com a memória, a estética e a expressão do garimpo, que são a história da própria cidade e de seus habitantes”.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios