Pular para a barra de ferramentas
CidadesCuriosidadesMenu PrincipalPolícia

Salvador: Padrinho preso por esconder corpo de menino de 2 anos deixa cadeia

foto
Suspeito teve pedido de relaxamento da prisão concedido pela Justiça | FOTO: Reprodução |

O padrinho do menino Marcus Vinícius de Carvalho dos Santos, de 2 anos, achado morto dentro de um cooler no bairro de Itapuã, em Salvador, foi solto da prisão no final da tarde da última terça-feira (8) após uma decisão judicial favorável à soltura, de acordo com a Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização (Seap). De acordo com o órgão, Rafael Pinheiro, que responde por ocultação de cadáver, foi liberado do Completo Penitenciário da Mata Escura por volta das 17h, após ter o pedido de relaxamento da prisão concedido pela Justiça. Agora, ele responderá ao processo em liberdade.

Preso em flagrante, sob suspeita inicial de ocultação de cadáver, Rafael Pinheiro contou que o garoto passou mal e morreu após ingerir leite de soja. O suspeito disse que tentou reanimar a criança, mas ela não resistiu. Primeiro, o padrinho forjou o o sumiço da criança e chegou a registrar queixa na delegacia, mas depois revelou ter enterrado o corpo do menino. A polícia apura se a criança realmente passou mal e morreu após tomar o leite ou se outro fator provocou a morte da criança.

O corpo do menino foi enterrado no dia 27 de agosto, no Cemitério Municipal de Areia Branca, em Lauro de Freitas. A mãe do menino, Fabiana Carvalho, não foi indiciada pelo crime de ter entregue seu filho a uma pessoa estranha e inidônea. A Polícia Civil disse que ela não responderá pela acusação porque era menor de 18 anos quando entregou a criança para o padrinho, Rafael Pinheiro.

A Polícia Civil informou que a mãe do padrinho, que também seria indiciada por participação na morte do garoto, não irá responder pelo crime. A investigação apontou que ela não tinha conhecimento de que o filho enterrou o corpo do garoto e acreditou na versão de que o menino estava desaparecido. A decisão de indiciamento das duas mulheres havia sido anunciada pela polícia no dia 20 de agosto. As informações são do Portal G1.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios