CidadesCuriosidadesEducaçãoMenu Principal

Chapada: Estudantes de Boa Vista do Tupim visitam estúdios do Emitec em Salvador

foto5
A visita foi realizada no Instituto Anísio Teixeira, na capital baiana | FOTO: Divulgação/Roberta Rodrigues |

Estudantes do Colégio Municipal Miguel Teixeira de Carvalho, do município de Boa vista do Tupim, na Chapada Diamantina, conheceram nesta segunda-feira (16) as instalações do Ensino Médio com Intermediação Tecnológica (Emitec), os professores e toda a tecnologia que produz e leva, diariamente, os conteúdos do ensino médio para mais de 19 mil estudantes de áreas remotas da Bahia. A visita foi realizada no Instituto Anísio Teixeira (IAT), em Salvador, onde estão instalados os estúdios do Emitec. Os estudantes foram recebidos pelo secretário da Educação do Estado, Osvaldo Barreto.

“Nós temos feito um esforço muito grande para aproximar a educação dos jovens e adultos que não tiveram a oportunidade de estudar por morar em regiões remotas e de difícil acesso. E o Emitec facilita esse acesso, fortalece a educação e assegura aos estudantes o direito de aprender”, destacou o secretário da Educação do Estado da Bahia, Osvaldo Barreto.

Para o prefeito de Boa Vista do Tupim, João Durval Trabuco (Gidú), que pretende implantar o Emitec no município, em 2016, essa tecnologia vai facilitar o acesso à educação, já que muitos dos estudantes moram em distritos vizinhos e precisam atravessar o Rio Paraguaçu para chegar à escola. “O Emitec vai facilitar o acesso às salas de aula e melhorar a qualidade do ensino para os estudantes da região”, disse o prefeito.

Confira galeria de imagens

Este slideshow necessita de JavaScript.

“Foi muito bom ter conhecido os estúdios do Emitec, é uma experiência nova que vai melhorar e facilitar muito o nosso acesso à educação, além de nos incentivar a querer aprender cada vez mais”, destacou o estudante Kamon Lincon Trabuco. Já o estudante Marcelo Cerqueira tem certeza que a implantação da tecnologia vai facilitar muito o aprendizado. “A implantação do sistema Emitec em nosso município vai motivar a gente a querer estudar. Só o fato de não ter que atravessar o rio para estudar é uma motivação a mais”, comentou Marcelo.

De acordo com a coordenadora pedagógica do Emitec, Silvana Oliveira, essas visitas são importante para fazer com que os alunos conheçam a oferta, a metodologia e a excelência de qualidade que é aplicada. “Ao visitarem os estúdios do Emitec, eles vão perceber que é algo real, que é feito para eles e que a tecnologia empregada vai dar uma nova dinamicidade, com aulas modernas e interativas”, salientou Silvana. As informações são da SEC.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios