Pular para a barra de ferramentas
CidadesCuriosidadesEsportesMenu Principal

Olimpíadas 2016: Índio Pataxó conduz a Tocha Olímpica em Porto Seguro

foto6
A união dos povos e das raças marcou a passagem da chama | FOTO: Pedro Moraes/GOVBA |

Terra-Mãe do Brasil, a cidade de Porto Seguro, no extremo sul do estado, fez uma bonita festa para receber, na noite de quinta-feira (19), a passagem da Tocha Olímpica, símbolo dos Jogos Olímpicos Rio 2016. O município foi o primeiro onde a chama pernoitou na Bahia, por estar no roteiro das chamadas ‘Cidades-celebração’, onde a Tocha fica durante a noite. Nesta sexta (20), foi levada para o município vizinho de Eunápolis. De lá, segue para Itapetinga, pernoitando em Vitória da Conquista (sudoeste).

O início do revezamento, que na Bahia vai envolver 27 cidades, incluindo Salvador, até o próximo dia 27, começou na quinta (19), por Teixeira de Freitas, sendo também recebida com festa. O encerramento será em Paulo Afonso, no Vale do São Francisco. Em Porto Seguro, a união dos povos e das raças marcou a passagem da chama. Coube ao jovem índio Pataxó, Breno Ferreira, 15 anos, iniciar o percurso da tocha, que saiu do Marco do Descobrimento. Durante a rota, passeou sobre rodinhas, conduzida sobre skate, arrancando aplausos do público que foi prestigiá-la.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Durante o percurso, o também Pataxó Raoni Vieira conduziu a tocha com a vestimenta indígena. Bicampeão do arremesso de lança dos jogos indígenas, ele representou os primeiros habitantes de Porto Seguro no desfile. A inglesa Sandra Hart, que está na cidade a passeio, não perdeu um só lance, registrando tudo no celular. “Demos sorte de estar aqui justamente no dia da passagem da tocha. É história para contar pros amigos e futuros filhos e netos”

Ao final do percurso, na Passarela do Descobrimento, a Pira Olímpica foi acesa. O secretário estadual do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte e coordenador do Grupo de Trabalho das Olimpíadas no Estado, Álvaro Gomes, parabenizou a cidade pela bonita festa. “Nada melhor do que iniciar o percurso das ‘cidades- celebração’ em Porto Seguro, uma terra com forte simbolismo, onde a história do Brasil teve início”.

Roteiro da Tocha Olímpica
20/05 – Eunápolis, Itapetinga, Vitória da Conquista
21/05 – Itambé, Floresta Azul, Ibicaraí, Itabuna, Ilhéus
22/05 – Itacaré, Camamu, Ituberá, Cairu, Valença
23/05 – Lençóis
24/05 – Salvador
25/05 – Feira de Santana, Riachão do Jacuípe, Capim Grosso, Senhor do Bonfim
26/05 – Jaguarari, Juazeiro, Sobradinho;
27/05 – Paulo Afonso.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios