AssessoriaCidadesCuriosidadesEconomiaEsportesMenu PrincipalMundo

Chapada: Cachoeira do Mosquito e Poço do Diabo são boas opções para quem visita Lençóis

foto6
A Cachoeira do Mosquito fica em uma fazenda homônima e tem esse nome porque há muitos anos eram encontradas pequeninas pedras preciosas | FOTO: Paulo Nunes Jr |

Para chegar à Cachoeira do Mosquito, que está localizada dentro do município de Lençóis, na Chapada Diamantina, é preciso percorrer 40 quilômetros de carro, sendo metade em estrada de chão e metade em rodovia asfaltada, e fazer uma pequena trilha de um quilômetro e meio. A cachoeira fica em uma fazenda homônima e tem esse nome não por que existem muitos mosquitos lá, mas sim porque há muitos anos atrás eram encontradas pequeninas pedras preciosas, diamantes, as quais os garimpeiros chamavam de “mosquitinhos” e daí surgiu o nome da cachoeira. No início da trilha é possível avistar a cachoeira pela parte de cima. Com essa visão, as imagens motivam a chegar mais perto e aproveitar o banho em suas águas.

Com suas águas transparentes, é revigorante banhar-se na cachoeira que tem aproximadamente 60 metros de queda d’água suportavelmente gelada. Na Cachoeira do Mosquito o visitante pode aproveitar bastante, e para aqueles sem tanta habilidade de natação, é possível desfrutar de um agradabilíssimo banho, podendo também mergulhar nas suas pequenas piscinas. Para fazer esse dia de passeio é bom providenciar um lanche de trilha para que se possa aproveitar tranquilamente as maravilhas naturais da Chapada. Aqui vale lembrar que ao comer seu lanche é importante que o visitante leve de volta seu lixo, seja ele orgânico ou não, pois esse é o mínimo cuidado que nos cabe ao meio ambiente.

foto6
Poço do Diabo é sinônimo de um banho delicioso em meio ao paraíso na Chapada Diamantina | FOTO: Reprodução |

Poço do Diabo
Da Cachoeira do Mosquito é possível sair em direção ao Poço do Diabo. Para isso é necessário uma caminhada de cerca de 15 minutos. No início o visitante encontrará uma descida íngreme, mas o acesso é muito tranquilo. A cada passo, a vegetação, o clima e a fauna vão se apresentando de maneira sutil. Tão rápida é a caminhada que logo estamos nele, no Poço do Diabo.

Formado pelo Rio Mucugezinho, o poço possui seis metros de profundidade com águas de cor avermelhada e temperatura fria. O local também é bastante conhecido pelos praticantes de rapel e tirolesa, o que torna o passeio ainda mais cheio de aventura e emoção. Para os que preferem tranquilidade a dica é o banho e a contemplação do lugar. Com informações do Blog Venturas.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios