AssessoriaCidadesCuriosidadesMenu Principal

Chapada: Casa Afrânio Peixoto promove Sarau Poético nesta sexta em Lençóis

casa
Os compositores e cordelistas Ramiro Barbosa e Antônio Poeta farão uma participação especial na noite cultural FOTO: Divulgação |

A Casa Afrânio Peixoto (CAP) realiza, nesta sexta-feira (22), a partir das 20h, uma noite cultural para os moradores de Lençóis, na Chapada Diamantina. A CAP é uma unidade vinculada ao Centro de Memória da Bahia/Fundação Pedro Calmon – SecultBA. Na ocasião, a Casa promoverá um Sarau Poético com o artista Luar do Conselheiro, com muito bate-papo sobre a história e cultura nordestinas. Para engrandecer ainda mais a noite, os compositores e cordelistas Ramiro Barbosa e Antônio Poeta farão uma participação especial.

Para o artista Luar do Conselheiro “fazer poesia é o que alimenta o poeta, e poetizar num lugar mágico como Lençóis é beber direto das fontes de inspiração, nas cachoeiras de versos, em cavernas profundas como a poética sertaneja. E com as luxuosas presenças dos meus confrades cordelistas Ramiro Barbosa e Antônio Poeta, é ainda mais especial. Estou deveras feliz com o projeto do Sarau e que ele siga em frente cobrindo de poesia esta cidade encantada”, finaliza o artista.

Bio – Aidner Mendez Neves, o Luar do Conselheiro é poeta, escritor, compositor, autor, cantador, artesão, romancista, cordelista, roteirista, biógrafo e ligado a diversas áreas de arte, cultura e educação. É mestre em cultura oral, pesquisador e palestrante das temáticas inerentes à história e cultura popular nordestina. Autor de 12 livros publicados em português e um traduzido para o espanhol, e de mais quatro livros aguardando publicação. Também possui poemas publicados em coletâneas e revistas, no Brasil e em Portugal, além de escrever roteiros e peças.

O Centro de Memória da Bahia também é responsável pelo Memorial dos Governadores Republicanos da Bahia (MGRB), situado no Palácio Rio Branco, na Praça Municipal em Salvador, e pela Casa Afrânio Peixoto, no município de Lençóis. Em 2015 foram mais de 40mil visitantes. O Memorial abriga coleções constituídas por doações de objetos e documentos da vida privada, cotidiana, profissional e governamental que pertenceram aos governadores baianos, permitindo aos visitantes, pesquisadores, estudantes e curiosos conhecerem, sob uma ótica diferenciada, um pouco da evolução política, econômica, social e cultural da Bahia. As informações são da SecultBa.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios