Bahia: “Operação Adsumus” combate crimes contra a Administração Pública

Postado em set 7 2016 - 12:04am por Jornal da Chapada
prf

Oito mandados de condução coercitiva foram cumpridos nas cidades baianas de Salvador, Lauro de Freitas e Camaçari | FOTO: Reprodução/PRF |

A segunda etapa da “Operação Adsumus”, deflagrada pelo Ministério Público da Bahia (MPE), contou com a participação da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e da Polícia Civil da Bahia no início da manhã desta terça-feira (6). Oito mandados de condução coercitiva foram cumpridos nas cidades baianas de Salvador, Lauro de Freitas e Camaçari para que sejam esclarecidas as atuações dos conduzidos junto às empresas Real Locação, Serv Bahia, Grauthec Construtora Ltda e Oliveira Santana Construções, envolvidas em um esquema irregular de contratação de obras, locação de maquinário e realização de serviços públicos, que causou um dano de mais de R$ 24 milhões aos cofres do município de Santo Amaro.

A operação cumpriu ainda mandados de busca e apreensão e tem também o objetivo de conseguir detalhar os trâmites dos procedimentos licitatórios em Santo Amaro e a aferição do poder de gestão dos conduzidos no cenário criminoso. No último mês de julho, a “Operação Adsumus” descortinou o nascedouro de uma associação criminosa no seio da Secretaria de Obras de Santo Amaro.

De acordo com as investigações, os atos ilegais eram executados por agentes públicos, com a participação de empresas privadas, e uma intensa e ilegal movimentação financeira foi desvendada. Elas eram concentradas pelas empresas Grauthec Construtora Ltda/ Oliveira Santana Construções, Serv Bahia Locações de Máquinas e Equipamentos Ltda/Real Locação de Veículos Máquinas e Equipamentos Ltda e Ayres Materiais de Construção Ltda. Com informações da PRF.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.