Bahia: Motorista de caminhão é preso com “rebite” e documento falso

Postado em set 19 2016 - 12:45pm por Jornal da Chapada
prf

O homem foi preso em flagrante pelos crimes de uso de documento falso, posse de droga, e adulteração de sinal identificador de veículo | FOTO: Divulgação/PRF |

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu, no final da noite do último sábado (17), em Ibotirama, na BR-242, um motorista de caminhão, de 21 anos, com documento falso e em posse de uma cartela do medicamento Nobésio, droga derivada de anfetaminas, originalmente produzida como supressor de apetite, mas que é utilizado por motoristas como inibidor de sono. A substância que compõe o medicamento tem a produção e a comercialização proibidas no Brasil desde 2011.

Logo após a abordagem, os policiais notaram que o caminhão não possuía os elementos de identificação veicular que deveria. No documento, havia outros sinais de fraude, suspeita confirmada após consulta ao banco de dados. O Cerificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV) apresentado fora extraviado do DETRAN/SP em 2015.

Com o crime de uso de documento falso configurado, os policiais seguiram para a fiscalização detalhada da cabine, encontrando uma cartela de Nobésio com dez comprimidos. A embalagem estava incompleta, o que sugere que o condutor fez uso da substância na direção do veículo de carga. Sob os efeitos de medicamentos desse tipo, conhecidos como rebites, os motoristas não sentem sono e rodam mais de 24 horas sem parar, comportamento que, além de ser crime, põe em risco a sua vida e dos demais usuários das rodovias.

O homem foi preso em flagrante pelos crimes de uso de documento falso, previsto no Art. 304 do Código Penal (CP), pelo crime de posse de droga, insculpido no Art. 28 da Lei 11.343/06, e pelo crime de adulteração de sinal identificador de veículo, descrito no Art. 311 também do CP. Com informações da PRF.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.