Prêmio da Biodiversidade é promovido pelo Ministério do Meio Ambiente

Postado em set 27 2016 - 4:10pm por Jornal da Chapada
capital

O prêmio contemplará sete categorias para iniciativas relacionadas à melhoria no estado de conservação ou divulgação da biodiversidade brasileira | FOTO: Reprodução/Blog Verde |

Até o dia 22 de outubro estarão abertas as inscrições para a segunda edição do Prêmio Nacional da Biodiversidade, instituído pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA). A premiação tem o objetivo de reconhecer ações e projetos que se destacam pela conservação das espécies da fauna e da flora brasileiras. Todas as instituições públicas ou privadas, gestores e especialistas que atuam na área podem participar.

O prêmio contemplará sete categorias para iniciativas relacionadas à melhoria no estado de conservação ou divulgação da biodiversidade brasileira: sociedade civil; empresas; iniciativas comunitárias; academia; órgãos públicos; imprensa; e Ministério do Meio Ambiente. As inscrições são gratuitas e devem ser efetuadas exclusivamente na página eletrônica do prêmio. Clique aqui para ter acesso a integra do edital. Serão selecionadas, pela comissão julgadora, três candidaturas finalistas em cada uma das categorias, dentre as quais será apontada uma vencedora por categoria.

As iniciativas finalistas também concorrerão ao prêmio especial Júri Popular, cuja vencedora será eleita por meio de votação eletrônica. Todo o processo será detalhado e divulgado no portal do MMA. O Prêmio Nacional da Biodiversidade é organizado pelo Ministério em parceria com o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e Jardim Botânico do Rio de Janeiro. A primeira edição contou com a inscrição de 888 projetos de todo o Brasil. Dezoito finalistas concorreram em sete categorias. A votação pelo júri popular teve a participação de 63 mil pessoas.

São consideradas elegíveis iniciativas concluídas, ou em estágio avançado de execução, que comprovem a melhoria do estado de conservação da biodiversidade brasileira, como a manutenção ou a mudança para uma categoria de menor risco de extinção da espécie (conforme critérios estabelecidos pelo MMA no âmbito do Programa Pró-Espécies, instituído pela Portaria MMA nº 43/ 2014). As informações são do ICMBio.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.