#Bahia: Prefeito de Guanambi ‘entrega’ chaves da cidade a Deus; MP investiga

Postado em jan 3 2017 - 9:00am por Jornal da Chapada
mp

A chefe do Ministério Público da Bahia, Ediene Lousado, disse que vai analisar o decreto publicado pelo prefeito | FOTO: Montagem do JC/Bocão News |

Um decreto esdrúxulo foi emitido pelo prefeito de Guanambi, na região sudoeste do estado, Jairo Magalhães (PSB), deu o que falar logo no início de seu mandato. No Diário Oficial da última segunda-feira (2), ele determinou a “entrega” da chave do município a Deus. “Declaro que esta cidade pertence a Deus e que todos os setores da prefeitura municipal estarão sobre a cobertura do altíssimo”, justifica.

“Declaro ainda que todos os principados, potestades, governadores deste mundo tenebroso, e as forças espirituais do mal, nesta cidade, estarão sujeitas ao senhor Jesus Cristo de Nazaré”, completa. “Principados e Potestades” são uma referência bíblica aos anjos do mau, ou demônios. Ignorando o Estado Laico brasileiro, o prefeito “cancelou” ainda, “em nome de Jesus, todos os pactos realizados com qualquer outro Deus ou entidades espirituais”. “A minha palavra é irrevogável”, conclui.

MP Investiga
Já a chefe do Ministério Público da Bahia (MP-BA), Ediene Lousado, disse que vai analisar o decreto publicado pelo prefeito. “Estou esperando o decreto chegar às mãos do meu setor. Vamos analisar e julgar a constitucionalidade”, informou. Caso seja julgado inconstitucional, a magistrada entrará com uma Ação Direta de Inconstitucionalidade no Tribunal de Justiça da Bahia para anular o decreto. Com informações de Bahia Notícias e Bocão News.

decreto

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.