Pular para a barra de ferramentas
CidadesCuriosidadesEditorialMenu Principal

Geddel Vieira se desespera com delação de Lúcio Funaro, segundo colunista

foto
Três políticos são alvos da delação, segundo o colunista: o deputado cassado Eduardo Cunha, Geddel Vieira Lima e Eliseu Padilha | FOTO: Reprodução |

O ex-ministro de governo do presidente Michel Temer, Geddel Vieira Lima teria se desesperado com a delação premiada que está por vir do empresário Lúcio Funaro, que está preso há sete meses pela Polícia Federal. De acordo com o colunista Lauro Jardim, do O Globo, o baiano passou a “telefonar insistentemente para a mulher de Funaro para prestar solidariedade e, como quem não quer nada, saber se ele já havia começado a delatar”.

Três políticos são alvos da delação, segundo o colunista: o deputado cassado Eduardo Cunha, Geddel Vieira Lima e Eliseu Padilha. Preso em julho de 2016, Funaro é acusado de envolvimento no esquema de cobrança de propinas de empresas que obtinham empréstimos do Fundo de Investimentos do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FI-FGTS).

O esquema era comandado por Cunha e Funaro, segundo o ex-vice-presidente da Caixa Fábio Cleto. Conforme o delator, as irregularidades teriam ocorrido entre 2011 e 2015. Cunha é acusado de ficar com 80% da propina desviada do fundo de investimento, Funaro com 12%, Cleto com 4% e Margotto, com outros 4%. Redação do site Política Livre.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios