Pular para a barra de ferramentas
AssessoriaCidadesCuriosidadesEconomiaMenu Principal

#Bahia: Mulheres rurais ocupam área de prédio do Incra na capital e usina no interior

luta
Incra é ocupado por mulheres como ação de jornada de luta | FOTO: Divulgação/MST |

Cerca de mil mulheres trabalhadoras rurais, ligadas ao MST, ocuparam área do prédio do Incra na Bahia, localizado em Salvador, na manhã desta segunda-feira (6). De acordo com informações enviadas ao Jornal da Chapada, a ação engloba a jornada de ‘Luta das Mulheres Camponesas na Bahia’, que soma à mobilização nacional contra a paralisação da reforma agrária e a perda de direitos por meio das reformas do atual governo federal, do presidente Michel Temer (PMDB), como as da Previdência e do Trabalho.

Nesta madrugada de segunda (6), também aconteceu a ocupação da Usina Santa Maria Ltda.- antiga Medasa Destilaria de Álcool, localizada na BA 290, Km 43, no município de Medeiros Neto, no extremo sul da Bahia. A ação intensifica as mobilizações e ocupações contra o capital e o agronegócio.

Leia também
MST mobiliza mais de 5 mil mulheres no interior e na capital baiana em março

As ocupações têm o foco de denunciar a perda de direitos e os retrocessos. Com o lema “Estamos todas despertas! Contra o Capital e o Agronegócio. Nenhum Direito a Menos!”, as trabalhadoras afirmam que as mulheres são as primeiras a sofrerem com as consequências do programa golpista de corte de direitos.

Por isso, segundo o MST, a luta em defesa da Previdência Social pública, universal e solidária deve ser a base dessa Jornada. O Movimento acredita ainda que a previdência é um dos alicerces do mundo do trabalho e que garante cidadania, respeito para o homem e a mulher do campo. Jornal da Chapada com informações do MST.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios