Chapada: Desportista do vôlei em Seabra reclama falta de apoio para as modalidades menos populares

Postado em jul 18 2017 - 7:52pm por Jornal da Chapada
volei

O time de vôlei em Seabra também não conseguiu transporte para competição | FOTO: Ilustrativa/Sportv |

Nos últimos meses atletas de modalidades esportivas menos populares em Seabra, na Chapada Diamantina, no caso um time de beisebol (veja aqui) e agora uma equipe de vôlei, têm relatado falta de apoio do poder público municipal. Os garotos do beisebol ficaram sem transporte para participar de um evento em Salvador. Inclusive, eles têm um campeonato na capital baiana ainda esse mês e não há certeza de como será o retorno do time (veja aqui).

“Se fossemos um time de futebol. Seríamos bem recebidos? Será que apostar em um novo esporte é tão difícil assim?”, questionou o atleta do vôlei local, Renan Araújo. Ele e seus companheiros do vôlei enviaram um ofício à prefeitura pedindo transporte para o torneio da modalidade que acontecerá em Ibititá.

Segundo Araújo, foi respondido que não havia verba, mas que a tentativa seria realizada. “Apenas hoje [última segunda-feira, 17] fomos informados de que não vai dar para levar o time”, afirmou Renan. Com isso, os jovens que buscam se desenvolver socialmente, moralmente e fisicamente com esportes acabam frustrados e desestimulados a essas práticas saudáveis.

Jornal da Chapada

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.