Chapada: Cinema integra a programação da Feira Literária de Mucugê; veja programação

Postado em jul 26 2017 - 10:55pm por Jornal da Chapada
arte

A estreia da Fligecine está marcada para o dia 11 de agosto, sexta, às 10h, com o filme de Eduardo Coutinho, “O fim e o princípio” | FOTO: Montagem do JC/Divulgação |

A sétima arte tem seu espaço garantido na Feira Literária de Mucugê (Fligê 2017) através da Fligecine. A atividade consiste na exibição de curtas e longas metragens de cineastas brasileiros destinados tanto para o público infanto-juvenil quanto adulto. Sendo o cinema uma expressão artística que também auxilia no processo de formação educacional, a curadoria da Fligê traz como novidade na programação mais uma ferramenta que favorece o desenvolvimento intelectual dos indivíduos, assim como a leitura e escrita.

Conforme a curadoria, sete filmes integram a programação literária expondo na telona montada na Casa da Filarmônica, as paisagens dos vários sertões brasileiros, a vida do sertanejo que mesmo com o sofrimento da seca e pobreza encontra alegria, e ainda, curtas e longas que mostram a imaginação das crianças ou a sensibilidade delas para com o próximo.

“Educar pelo cinema reportando a cinematografia na Fligê é uma forma que encontramos de mostrar que é possível o diálogo de duas artes – Educação e Cinema, como instrumentos extraordinários para formar cidadãos conscientes, críticos e participativos na comunidade em que vivem”, explica Ester Figueiredo.

A estreia da Fligecine está marcada para o dia 11 de agosto, sexta, às 10h, com o filme de Eduardo Coutinho, “O fim e o princípio”. O documentário registra o cotidiano e as histórias dos moradores da pequena São João do Rio do Peixe, na Paraíba e, por meio de depoimentos, retrata o sentimento de uma população humilde que esbanja alegria e esperança, além de apresentar as nuances de um nordeste de alma densa e fecunda.

Após a sessão, o professor doutor Rogério Luiz Oliveira (UESB) comentará o filme. No sábado, 12, no mesmo horário e local, acontecerá a Mostra Chico Liberato com a exibição do longa de animação “Boi Aruá” e do curta “Amarilis”. Baiano de Salvador, Francisco Liberato de Matos é pioneiro e referência no gênero da animação no Brasil. Inspirado na literatura de Cordel, “Boi Aruá” conta a história de um vaidoso e austero vaqueiro (Tibúrcio), que cisma em capturar um boi selvagem e encantado (Aruá). Já o curta-metragem “Amarilis” é um filme em família e trata de um amor entre um homem e uma mulher.

Por ocasião da Mostra Chico Liberato, a esposa do artista, a roteirista e poetisa Alba Liberato, fará os comentários dos filmes deste importante e prestigiado intelectual que tem uma obra reconhecida no Brasil e exterior por dezenas de exposições e premiações nas artes plásticas e filmes.

Os filmes “Mãos de vento e olhos de dentro” (Susanna Lira, 2008, ficção, 13 min); “A menina que pescava estrelas” (Ítalo Cajueiro, 2008, animação, 9 min); “Brincadeira de Criança” (Cristiano Alves de Oliveira, 2008, animação, 2 min) e “Um simples olhar” (Coletivo Cinema no Interior, 2015, ficção, 15 min), encerram a programação da Fligecine, a partir das 09h de domingo, 13 de agosto.

Fligê
Integrando o circuito de feiras e festas literárias realizadas na Bahia e no Brasil, a Feira Literária de Mucugê acontecerá de 10 a 13 de agosto de 2017, com acesso gratuito para todo o público. A programação completa está disponível no site www.flige.com.br.

Diversos espaços da cidade de Mucugê e Andaraí (Vila de Igatu) serão ocupados com palestras, encontros, oficinas, mesas de conversas, lançamentos de livros e outras atividades com autores dos mais variados horizontes literários e da nova geração que se dedicam à criação literária em diferentes linguagens.

A segunda edição da Fligê, com curadoria de Ester Figueiredo, produção executiva de Mércia Carvalho e coordenação acadêmica de Lana Sheila Rocha, homenageia o autor de “Os Sertões”, Euclides da Cunha, e tem como tema “Somos paisagens dos sertões em rotas de composições”.

O evento é uma realização do Coletivo Lavra em parceria com a Prefeitura Municipal de Mucugê e o Instituto Incluso, com apoio financeiro do Ministério da Cultura (MinC), do Governo do Estado da Bahia – Terra-Mãe do Brasil, através da Secretaria de Cultura (Secult), Secretaria da Fazenda (Sefaz).

SERVIÇO
O quê: 2ª Feira Literária de Mucugê.
Quando: de 10 a 13 de agosto.
Onde: Centro Cultural (Clube), Colégio Horácio Matos, Casa da Filarmônica, Pç. Cel. Propércio (Calçadão), Cesta do Povo, Espaço Academia, Museu e Centro Histórico de Mucugê.
Entrada gratuita.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

1 Comentário Sinta-se livre para participar desta conversa.

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.