Governo diz que Sefaz e Embasa não são alvos da operação da PF que investiga Nilo

Postado em set 13 2017 - 12:21pm por Jornal da Chapada
sefaz

A PF confirmou o cumprimento de mandados na sede da Embasa, mas apenas como endereço de investigados da operação, não representando envolvimento institucional da empresa assim como da Sefaz | FOTO: Montagem do JC |

O governo da Bahia emitiu notas de esclarecimentos e afirmou que a Secretaria da Fazenda do Estado (Sefaz-Ba) e a Embasa não são alvos da operação Opinião, deflagrada nesta quarta-feira (13) em Salvador pela Polícia Federal e pelo Ministério Público Eleitoral (MPE), e que tem como principal alvo o deputado estadual Marcelo Nilo (PSL). “Informamos que a Embasa não é objeto ou alvo da operação em questão e que a empresa está à disposição para prestar informações de natureza funcional sobre qualquer de seus colaboradores”, aponta nota emita pelo governo baiano.

A PF confirmou o cumprimento de mandados na sede da Embasa, mas apenas como endereço de investigados da operação, não representando envolvimento institucional da empresa. Outra nota dá conta que a Sefaz-Ba também não foi alvo de operação da PF. O texto diz que por volta das 6h10 da manhã, a Polícia Federal chegou à sede da Secretaria para cumprir mandado de busca e apreensão expedido pela Justiça Eleitoral, tendo como alvo um técnico administrativo do quadro efetivo da secretaria.

“A Sefaz-Ba, portanto, não é alvo da operação da Polícia Federal”, frisa a nota do governo. “O servidor é lotado na área administrativa e não exerce nenhum cargo de confiança, direção ou assessoramento na Secretaria. A orientação da Sefaz-Ba é a de colaborar com as investigações, acompanhar os seus desdobramentos e, caso necessário, tomar as providências cabíveis”, completa.

Jornal da Chapada

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.