CidadesCuriosidadesMenu PrincipalMundo

#Brasil: DJ morre após queda de estrutura em rave no Rio Grande do Sul: veja o vídeo

capa2
A queda da estrutura metálica causou a morte do DJ Kaleb Freitas, de 30 anos | FOTO: Divulgação |

O temporal que atingiu a Região Metropolitana de Porto Alegre na tarde de domingo (17) provocou o desabamento de um dos palcos do Atmosphere Festival, uma festa de música eletrônica realizada no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio. A queda da estrutura metálica causou a morte do DJ Kaleb Freitas, de 30 anos. Kaleb era bastante conhecido entre os fãs de música eletrônica. Ele costumava tocar sempre na Atmosphere, considerada uma das maiores festas do gênero no estado. Nas redes sociais, amigos, familiares e conhecidos fizeram homenagens e se despediram do artista.

“Ele era muito querido pela galera. Um guri do bem mesmo, uma pessoa amada por todos”, diz ao G1 a técnica em meio ambiente Jéssika Pilla, de 30 anos. Ela era vizinha e amiga de infância de Kaleb. Kaleb será velado e sepultado no Cemitério São Miguel e Almas, em Porto Alegre, na manhã desta segunda (18). Um vídeo (veja acima) publicado nas redes sociais por uma das frequentadoras mostra o início do temporal. As nuvens carregadas no céu e a ventania. Era por volta das 15h quando parte dos arcos que formavam um dos palcos desabou.

A festa tinha todos os alvarás necessários e, segundo o Corpo de Bombeiros, a estrutura era capaz de suportar ventos de 80 km/h. O coordenador da Defesa Civil de Esteio, Alexandre Camboa, disse que na hora do temporal, a velocidade do vento era de 55 km/h. Porém, ele alertou que a previsão do tempo indicava o risco de temporais severos.

“Não é o vento mais forte que tivemos, o problema é que as pessoas não observam a previsão do tempo para fazer esse tipo de evento, aí acontece casos como esse”, afirmou. “Está se alertando desde quinta que teríamos eventos severos de vento, granizo e chuvas torrenciais, se isso tivesse sido observado não teríamos isso aí”, completou.

A festa começou ainda na tarde de sábado (16). A previsão era terminar perto das 16h30 de domingo (17). O evento chegou a reunir 10 mil pessoas. Na hora do incidente, havia cerca de 5 mil no local. Logo que a estrutura desabou, o atendimento aos feridos foi feito pelas equipes médicas contratadas pela organização do evento no local. A Polícia Civil abriu uma investigação e a perícia na estrutura deve apontar as causas do desabamento. As informações são do G1.

Vídeo divulgado nas redes sociais

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios