Salvador: Encontro debate ações de comunicação e antirracismo para o Fórum Social Mundial

salvador

O deputado federal Valmir Assunção com representantes do Fórum Social Mundial em Salvador | FOTO: Divulgação |

O final de semana em Salvador segue com debates importantes para a atual conjuntura política e social do Brasil. Neste último sábado (13), por exemplo, uma reunião tratou de ações para o Fórum Social Mundial e aprofundou outras como o combate ao racismo e a participação de negros e negras na sociedade atual. No encontro, que envolveu representantes do evento, dirigente petista e o deputado federal Valmir Assunção (PT-BA), foram debatidas a conjuntura nacional, a realização do fórum e as lutas sociais da Bahia, uma agenda da esquerda para 2018. “O combate ao racismo deve ser uma agenda prioritária do movimento social”, disse o deputado.

Essa reunião contestou ainda quantos comunicadores negros e negras possuem no cenário nacional, quais as redes negras e o seu financiamento e como utilizar redes sociais de forma profissional, emancipatória e com capacidade, para que ela seja geradora de emprego. Com esses questionamentos, o grupo acredita que estão unindo forças para a realização de ações em rede sobre comunicação e o antirracismo, que visará pontos de encontro e políticas públicas para o setor da comunicação.

“Nas ruas, no campo e na cidade existem novas linguagens, temos que manter a luta tradicional e aprender com o novo. O PT estará nessa construção”, disse o dirigente nacional do PT, Ivan Alex. Para a mestrando em Comunicação Social, Tâmara Terso, “pensar mídias livres, pensar a luta antirracista deve ser uma agenda fundamental para o novo ativismo”. Já para o ativista de Movimento Negro Unificado (MNU), Herlon Miguel, “em um momento de refração e golpe é fundamental pensarmos iniciativas que ajudem a devolver a nossa democracia”.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.