Executiva nacional do MDB não aprova candidatura própria ao governo da Bahia

Postado em abr 4 2018 - 11:06am por Jornal da Chapada
foto

O deputado Lúcio Vieira Lima tinha dito que se o presidente Temer for candidato à reeleição, a sigla lançaria candidatura própria na Bahia | FOTO: Arquivo/Lucio Bernardo Jr |

A executiva nacional do PMDB divulgou a resolução nesta terça (3) com a lista de palanques estaduais do partido. O levantamento não inclui a Bahia, no qual o deputado federal Lúcio Vieira Lima havia afirmado que, se o presidente Michel Temer for candidato à reeleição, a sigla no estado iria lançar candidatura própria ao governo (leia mais).

O artigo 7 do documento registra que a sigla lançará nomes em MS, RS, RR, ES, MA, PA, PE e SC. E só, de acordo com a coluna Painel, do jornal Folha de S. Paulo. Lúcio havia, inclusive, exposto a intenção de lançar o ex-ministro João Santana ou o coronel reformado Roberto Guimarães, que foi secretário Nacional da Defesa Civil, em Brasília, ao Palácio de Ondina.

Encontro com ACM Neto
Existe a expectativa do encontro que o deputado Lúcio Vieira Lima deve ter com o prefeito ACM Neto (DEM) nesta quarta, convocado pelo democrata. Segundo correligionários, Lúcio já deu diversas demonstrações de que não há hipótese de aceitar qualquer proposta que passe por deixar o MDB para favorecer os planos de Neto se candidatar ao governo e, se por acaso for abordado sobre o assunto, confirmará a posição de que, sob qualquer circunstância, fica no MDB. As informações são da Folha, do Bahia Notícias e do Política Livre.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.